domingo, 23 de junho de 2013

O Que Comi em Paris - Parte 4

O Dia dos Namorados (ou Valentine's Day) é comemorado em 14 de fevereiro no hemisfério norte. Como estávamos em Paris, resolvemos nos dar de presente uma refeição em um restaurante mais renomado. Considerando que o jantar é muito mais caro do que o almoço, optamos por fazer a refeição de dia. E escolhemos o bistrô do chef Alain Ducasse, reconhecido mundialmente por sua dedicação à culinária francesa.

É comum na Europa os grandes chefs terem uma casa menor, com preço mais acessível, em que servem um outro tipo de comida. Em geral, dizem, esses pequenos restaurantes tem grande valor emocional para estes chefs, pois é onde eles podem voltar às origens e servir comida simples. Foi o que vimos neste local, que serve uma comida francesa mais rústica, menos requintada. Porém muito saborosa!


O restaurante, chamado Benoit, oferece um menu de almoço que custa 38 euros por pessoa e é composto por entrada, prato principal e sobremesa. Nada mal para um restaurante elegante, até porque comer em Paris é bem caro.


Marido e eu tentamos variar nos pedidos, para provarmos o máximo de coisas possível. Por isso, ele pediu de entrada uma salada de endívias com presunto de parma, queijo azul e nozes (foto lá de cima). Eu optei pelo velouté de lentilhas, uma sopa delicada, com foie gras de pato e croutons. Confesso que sou chegada numa sopa e essa foi das melhores que já comi na vida.


Para o prato principal, Marido escolheu o chouriço frito com maçãs e purê de batata. O purê era tão lisinho que fiquei impressionada (e comi a metade!). E, segundo ele, a maçã casou perfeitamente com os sabores fortes do chouriço.


Eu escolhi a carne assada com cenouras. Apesar de parecer simples, a carne estava desfiando de tão macia e o molho que veio sobre ele deu um toque magnífico, pois era muito, muito saboroso. Dava vontade de passar um pãozinho, sabe?. Até havia uma cestinha de pães na mesa, mas fiquei com vergonha. Assim como  também vexei de tirar fotos das comidas com a máquina fotográfica, então desculpem pelas fotos, porque foram feitas com o celular.


Na hora da sobremesa, não conseguimos divergir e ambos fomos no trio de tortas. Que coisa maravilhosa! Eram pequenas fatias de três variedades: ganache de chocolate, tangerina e a terceira parecia um creme de queijo com geleia de damasco por cima. Todas perfeitas!


Repararam na louça, que coisa mais fofa? Os garçons nos atenderam bem - para o padrão Paris - e não se incomodaram em falar inglês conosco. Fizemos a escolha certa ao termos optado por almoçar ao invés de jantar no dia dos namorados, já que comemos muito bem e não tivemos que sair na rua na maior friaca...

Nenhum comentário:

Postar um comentário