segunda-feira, 17 de junho de 2013

O Que Comi em Paris - Parte 2

Paris é conhecida mundialmente por sua culinária, mas muito do que experimentamos lá nem era tão bom assim. Por isso, só vou colocar aqui no blog os restaurantes que gostamos. O que achamos mais interessante foi o Le Relais de l'Entrecote, com três endereços na cidade.

De cara, o cliente já pode achar estranho o fato de não ter cardápio. É servido o menu pra todo mundo, composto de salada como entrada e carne com molho e batatas fritas como prato principal. A única carta que você recebe é para escolher a bebida, de um lado do papel, e a sobremesa, do outro. Até as garçonetes usam o mesmo uniforme, o que faz dele um restaurante ótimo para ir com aquele amigo indeciso.


Logo que você senta recebe um cesto de pães e o prato com a salada. Nela tem alface, um molho de mostarda forte e nozes. Aí a garçonete te pergunta o ponto da carne (sim, isso você pode escolher) e anota na toalha de papel. Assim que você termina a salada chega a carne. 


O entrecote vem no ponto exato que você pediu e acompanha um molho que é inesquecível. A receita é guardada a sete chaves, porém dá pra perceber que tem muitas ervas. A batata frita é crocante e macia ao mesmo tempo e, passada no molho, beira a perfeição. Parece pouca comida, mas não é. Tanto que Marido e eu nem conseguimos chegar à sobremesa.

Quem mora em São Paulo, já deve conhecer os dois restaurantes na cidade que seguem este mesmo modelo: o L'Entrecote de Paris e o L'Entrecote d'Olivier. Ainda não provei, mas já está na minha lista para a próxima visita a Sampa. Sinto saudade enorme dessa delícia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário