sábado, 18 de maio de 2013

Bolo de Banana com Fudge de Caramelo

Já vou começar dizendo: se você tiver os ingredientes em casa, corre pra cozinha e faz esse bolo agora. E, se não tiver, junta disposição e vai no supermercado hoje! A coisa é muito boa e acompanha de modo perfeito um café ou chá.


A receita do bolo não é nova, já dei aqui no Pitaco, mas em forma de cupcake. Tá aqui. De qualquer forma, vou copiar pra cá:


Para a massa, usei:

3 colheres (sopa) de manteiga, em temperatura ambiente
1/3 xícara (chá) de açúcar mascavo
1/2 colher (chá) de essência de baunilha
1 ovo
3/4 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
1/2 colher (chá) de canela em pó
3 colheres (sopa) de leite
1 colher (chá) de vinagre
3 bananas maduras amassadas

Fiz assim:

Na tigela da batedeira, coloquei a manteiga, o açúcar e a baunilha e bati até formar um creme. Juntei o ovo e bati um pouco mais. Em um pote, peneirei a farinha, o bicarbonato, o fermento, o sal e a canela. Em outro pote, misturei o leite e o vinagre. Com um colher de pau, adicionei alternadamente a mistura de farinhas e o leite ao creme da batedeira. Por fim, acrescentei a banana e mexi bem. Enchi as forminhas de cupcake e levei ao forno por cerca de 25 minutos, em temperatura média.

A diferença é que dessa vez coloquei numa forma de bolo inglês. A minha é pequena, deve ter uns 20 cm de comprimento. Talvez, se você quiser fazer em uma maior, seja melhor dobrar a receita.



A massa fica bem molhadinha, uma delícia. Só que o que fez mesmo o diferencial nesse caso foi a calda. Fiz na orelhada, tinha visto a Nigella fazer algo parecido no programa dela, meti as caras e deu certo. Sendo assim, não tenho a medida das coisas, desculpa. Mas, se eu consegui, você também consegue. E dei o nome de fudge porque foi o que ela usou, mas não sei é isso não... Vai então o modo de fazer pra iniciante mesmo.

Levei uma panela ao fogo com açúcar para derreter, sendo a metade de açúcar refinado e a outra metade de açúcar mascavo. Como eu nunca tinha feito calda de caramelo antes na vida, a primeira deu errado. a coisa é rápida, precisava ter ficado de olho, dei mole e ela queimou. Não me abati e fiz tudo novamente, desta vez parada olhando pra panela! Ao invés de mexer com a colher, preferi mexer a panela, segurando pelo cabo e sacudindo. Assim que o açúcar derreteu (lembra que tem que ser rápido!), coloquei um pouco de manteiga e apaguei o fogo. Comecei a mexer com a colher e já juntei o creme de leite fresco, sem parar de mexer. Na hora em que você coloca o creme de leite, a coisa ferve, sobe, fica parecendo que não vai dar certo. Mas é assim mesmo. Continue mexendo e, mesmo se der uns grumos, não para de mexer que isso some.

A ideia é que tenha a textura daquela calda de caramelo do sundae do Mc Donald's. Aí, é só espalhar sobre o bolo e se maravilhar com essa delícia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário