domingo, 30 de setembro de 2012

Bacon e Ovos

Olha que legal essa ideia que eu vi no site da Martha Stewart! É uma reconstrução do velho café da manhã americano com bacon e ovos. E uma nova utilidade para as formas de cupcake.


Você unta a forma, forra cada buraco com as fatias de pão previamente afinadas com um rolo, encaixa o bacon já frito, quebra um ovo por cima, tempera com sal e pimenta e leva ao forno. Achei demais! Se eu comesse bacon, certamente faria para um café dominical estilo brunch.

sábado, 29 de setembro de 2012

Sobrecoxas Marinadas

Antigamente, sempre comprávamos no supermercado umas sobrecoxas marinadas da Sadia que vinham prontas para irem ao forno. Era bem prático e o tempero, delicioso. Mas há muito tempo não vemos no supermercado, o que me obrigou a mudar de tática. Trouxe esta da Rica porque já vinham sem pele e parti para o tempero caseiro.


Gostei da receita do Marcelo e fui por aí. Fiz uma marinada com cebola picada, vinho tinto, shoyu, tomilho, alecrim, sal e pimenta. Coloquei em um saquinho, porque acho mais fácil para virar, e deixei na geladeira de um dia para o outro. Na hora de levar para assar, retirei somente as sobrecoxas e reservei o molho para fazer outra receita, que depois posto aqui. Cobri com papel alumínio por 30 minutos e depois deixei mais 20 sem ele, para dourar.


As sobrecoxas ficaram suculentas por dentro, crocantinhas por fora e com um tempero bem gostoso. Pediam um acompanhamento leve para destacar o frango. Fomos de salada de rúcula e brócolis ao alho. Tudo leve e saboroso.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Couvert do La Mole

Pra quem é carioca ou já veio ao Rio e foi ao restaurante La Mole, essas delícias da foto não são novidade. O couvert do restaurante é o item mais famoso do cardápio. Conheço quem vá lá só para comê-lo e tomar um choppinho. Mas não vou ficar aqui dedurando as pessoas...

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Cocada de Colher

Eu estava estudando para um concurso. Quem já estudou muito para algo sabe que depois de um certo tempo parece que você não está aprendendo nada. Pra mim, a solução para estas horas é comer um docinho. Não se tem algo de metabolismo nisso, se o açúcar ativa algo, sei que dá certo. Eu volto com tudo!


Porém, a receita tem que ser rápida de fazer, pois não posso perder meu precioso tempo enfiada na cozinha. Para esta cocada de colher usei 1 lata de leite condensado, 100g de coco ralado (usei o fresco), 1 xícara (chá) de leite (se usar o coco seco, coloque mais 1/2 xícara) e 2 colheres (sopa) de manteiga. Misturei tudo na panela e levei ao fogo até engrossar.

Como eu adoro um doce quente, nem precisei esperar esfriar... Melhor pra mim, que voltei correndo para minhas apostilas e vídeo aulas.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Xícara Feita de Biscoito

Acho que todo mundo já viu essa foto, né? Pois é, a empresa Lavazza e o designer Enrique Sardi desenvolveram uma xícara que é feita de massa de biscoito e um açúcar impermeável por dentro. Assim, você bebe o café e depois come a xícara!


Fiquei intrigada com isso e comecei a pesquisar na internet como isso poderia ser feito. Achei, então, no blog da Cynthia, que testou, experimento e chegou a um ótimo resultado. Fica aí a dica pra quem quiser tentar. Eu confesso que prefiro esperar venderem no supermercado...

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Omelete Espanhola

Tirada do livro "Receitas Fáceis com 4 Ingredientes". Só tenho uma coisa a dizer: é impressionante como é possível fazer comida gostosa com pouco.


Para este prato, o suficiente para uma pessoa, usei:

1 batata média
2 ovos
1 colher (sopa) de azeite
1/4 cebola picada

Descasquei a batata e fatiei bem fino. Aqueci uma frigideira com o azeite e dispus as rodelas. Deixei fritar por uns 4 minutos, mexendo de vez em quando. Adicionei a cebola e continuei fritando. Quando as batatas estavam ficando coradas, bati os ovos na batedeira por 30 segundos, temperei com sal e pimenta e despejei na frigideira, sobre as batatas. Tampei para que os ovos cozinhassem, cerca de 2 minutos. Virei (sem dificuldade, pois já estava durinho), esperei dourar o outro lado e servi.

Fala pra mim que isso não é salvação para aquele momento em que você abre a geladeira e só vê uma batata brotando e dois ovos com cara de tristes. Adorei saber que não vou mais depender só do meu improviso na hora em que tudo faltar, eu tenho o tal livro. \O/

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Receitas Fáceis com 4 Ingredientes

Não sei como é na casa de vocês, mas aqui frequentemente só temos 4 alimentos na geladeira. Por isso, quando vi este livro no catálogo da Saraiva, literalmente pirei. Não tinha em uma filial, fui com o Marido procurar em outra e ele acabou me dando de presente. Não se assuste, não é um livro caro. Nós pagamos R$19,90.


A grande vantagem dele é que, em geral, as receitas trazem ingredientes que temos em casa. E, como são apenas quatro, o tempo de preparo também não costuma ser grande. Tem de tudo um pouco, desde propostas para o café da manhã até o prato principal, com carnes, molhos e tudo mais. Adorei e já estreei, né? Amanhã posto aqui.

domingo, 23 de setembro de 2012

Arroz com Lentilha, Pimentão e Cebola

É arroz com lentilha, mas é um pouquinho diferente. Leva pimentão e a cebola, ao invés de ser servida por cima do arroz, é misturada a ele. Vamos à receita:


1 colher (sopa) de óleo
2 xícaras (chá) de arroz lavado e escorrido
1 xícara (chá) de lentilhas cozidas
1/2 xícara (chá) de pimentão vermelho em cubinhos
1 tablete de caldo de carne dissolvido em 4 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola cortada em rodelas finas
2 colheres (sopa) de açúcar

Refogue o arroz no óleo, adicione o pimentão e junte o caldo de carne. Deixe cozinhar em panela semitampada no fogo baixo. Enquanto isso, derreta a manteiga e doure a cebola (minha dica: pingue um fio de óleo para que a manteiga não queime). Quando as bordas começarem a queimar, polvilhe o açúcar e mexa bem para caramelizar. Reserve. Misture as cebolas e a lentilha ao arroz pronto e sirva.

É uma versão nova de um prato clássico, porque é sempre bom revisitar o antigo com um olhar novo.

sábado, 22 de setembro de 2012

Facilidades na Cozinha

Não sou muito de ter apetrechos na cozinha. Compro aqueles que considero indispensáveis ou algo que atraia muito. Por isso, quando vi esse abridor de potes aí embaixo, quase pirei!


Pense numa pessoa que gosta de reutilizar as embalagens e sofre quando tem que fazer um furinho na tampa do pote com a ponta da faca para conseguir abrir. Como ela pode ser salva? Ou tendo o marido o dia todo à disposição para abrí-los ou comprando esta traquitana. 

E, como eu me conheço, vou ficar fuçando até encontrar uma promoção ou um lugar que o venda mais barato.

Se você quiser ver outros trecos, clica no MdeMulher.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Cuscuz com carne e brócolis

A inspiração eu tirei da receita de cuscuz marroquino com frango que eu já tinha feito. Aquela ficou tão boa que eu achei que merecia uma variação. Então dessa vez foi carne, brócolis e pimentão.


Piquei a carne em cubinhos - se não me engano era alcatra. Em uma panela, coloquei óleo, um pouco de alho picado e a carne. Fiz tudo sem medida, aproveitando o que tinha em casa. Deixei a carne ficar bem fritinha, juntei pimentão vermelho picado, metade de um tablete de caldo de carne, um pouco de água e esperei ferver. Desliguei o fogo e juntei algo próximo a uma xícara de cuscuz. Esperei 5 minutos, soltei com um garfo e misturei o brócolis, já previamente cozido. Daí, foi só servir.

Eu gosto muito de cuscuz, cada dia mais. É algo que sempre temos que ter no armário. Se você ainda não provou, querida amiga, corre e se joga. Depois me diz se eu não te dei uma boa dica.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Prazeres...

Agora há pouco, na cozinha:


Sou louca por milho em espiga. Nos três anos em que usei aparelho ortodôntico não podia comer. Mas foi a minha primeira providência assim que tirei o bicho. Fui ao dentista à tarde e comi uma espiga de milho enorme à noite. Às vezes as coisas mais simples são as melhores...

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Bolo de Chocolate com Nozes

Pensamento 1: "Hum, um docinho agora seria demais..."

Pensamento 2: "Vou fazer esta receita de cupcake de chocolate com nozes, tem tudo em casa!"

Pensamento 3: "Cara, eu segui a receita direitinho: peneirei 2 xícaras (chá) de farinha de trigo e 2 de açúcar mascavo, 1 colher (chá) de bicarbonato e 1 de fermento, 3 colheres (sopa) de chocolate em pó, misturei, coloquei os 4 ovos batidos, a 1/2 xícara (chá) de óleo e as nozes que tinha em casa picadas, mas essa massa tá estranha, dura... Esse cupcake vai virar uma pedra!"

Pensamento 4: "Vou colocar 1/2 xícara (chá) de leite fervente; isso já deu certo em outra receita"

Pensamento 5: "Putz, essa massa ficou muito mole, vai derreter as forminhas de papel. Não vai dar pra ser cupcake não, vou colocar numa forma e fazer um bolo"

Pensamento 6: "Esse bolo ficou demais! Merece uma cobertura: ganache ou brigadeiro?"


Pensamento 7: "Assim eu não emagreço nunca!!!!!!!!!!!"

Pensamento 8: "Então vou comer mais um pedaço."

terça-feira, 18 de setembro de 2012

16 Bebidas Ao Redor Do Mundo

O site Viaje Aqui fez uma volta ao mundo através das fotos das 16 bebidas típicas mais famosas.

Pisco Sour

Eu, apesar de ser fã de um álcool e gostar de provar bebidinhas, ainda não conheci todas. Já fui de tequila, nas suas mais diferentes versões (margarita, tequila sunrise...), rum, também com variações (mojito, piña colada...), vodca (essa então, de 1001 jeitos), pisco (na modalidade sour), saquê (em forma de caipirinha) e curaçao blue (que faz os drinques com a cor mais linda do mundo!). Achei que já tivesse provado o bourbon, por causa do Jack Daniel's, mas descobri que ele, apesar de ser feito de milho, não está na região geográfica correta para ser considerado um bourbon. Então, tomei foi uísque mesmo.

Isso significa que ainda tenho 10 biritas pra experimentar. Algumas, como o absinto e a tiquira, me dão um medo danada, mas nas outras eu me jogarei assim que possível.

E você, o que bebe?

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Frango Xadrez

Adoro pedir isso no China in Box! Mas, como tinha um resto de amendoim sem pele em casa, resolvi fazer o meu. E não é que ficou bom?


Já tinha no freezer os cubinhos de peito de frango temperados com sal e lemon pepper. Fritei-os em óleo com um pouco de alho. Quando douraram, transferi para uma tigela e reservei. Na mesma panela, coloquei metade de um pimentão vermelho e metade de um pimentão verde, ambos cortados em cubos, tentando acertar o mesmo tamanho dos cubos de frango. Adicionei uma cebola também cortada em cubos. Refoguei até que ficassem cozidos, porém firmes. Juntei o frango, 3 colheres (sopa) de shoyu e 1 colher (chá) de açúcar. Misturei para que ajudar o açúcar a caramelizar. Dissolvi 1 colher (sopa) de amido de milho em um pouco de água e adicionei. Nesta hora é importante mexer bem até que engrosse e, se precisar, pingue mais água. Por fim, os amendoins, postos de olho mesmo. Provei o sal e servi.

Para acompanhar, fiz um arroz com ovo e cebolinha, no estilo chinês. Tanto o frango quanto o arroz não seguem a receita tradicional, são "inspirados". Não que isso importe, mas tem sempre um purista dizendo que a receita não é essa. Pra mim, o que vale é ser gostoso. Se puder ser saudável junto, eu bato palmas!

domingo, 16 de setembro de 2012

O Pitaco Está no Facebook


Tempos atrás, uma leitora me perguntou se eu pensava em fazer uma página no Facebook. Na época, eu realmente não tinha isso em mente, mas fui amadurecendo a ideia e agora ela nasceu. Então, meu povo, o Pitaco está no Facebook.

Se você quiser curtir, o link é esse: http://www.facebook.com/pitacocozinha. Vou postar lá as receitas que coloco no blog, mas também aproveito o espaço mais dinâmico para mostrar coisas que vejo na internet.

Você pode me acompanhar também no twitter - @lilianpaulo - ou no instagram - lilianpaulo, pois sempre posto neles.

Então é isso. Espero que curtam (com o perdão do trocadilho) a página!

sábado, 15 de setembro de 2012

Quiche de Salmão e Cream Cheese

Desde que vi esta receita no Pitéu, blog da querida Katita, ex-Rainhas do Lar, pirei! Precisava fazer isso. Porém, sempre que eu ia começar, via que faltava um ingrediente ou não ia dar tempo de esperar assar... Um dia, eu consegui.


Quase segui a receita dela à risca. A massa, que tem sido o meu principal problema na cozinha, foi tranquila de fazer. Coloquei umas 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de manteiga em temperatura ambiente, água gelada (a quantidade foi sentida na mão, massa dura = mais um pingo de água) e 1 gema. Misturei até ficar homogêneo, abri com um rolo e encaixei - na medida do possível - na forma. Recortei uns pedaços de massa aqui e colei ali pra ficar tudo certo. Fiz uns furinhos com o garfo nela toda.

Parti pro recheio. Esquentei uma frigideira antiaderente, pinguei um pouquinho de azeite e grelhei 2 postas grossas de salmão temperadas com sal e pimenta. Ficou no fogo cerca de 5 minutos, virando na metade do tempo. Retirei, joguei a pele fora e desfiei a carne. Em outra panela, refoguei 1/2 cebola picada em um pouco de manteiga, juntei o salmão, uma boa quantidade de salsa picada e mexi. Diluí 1 colher (sopa) de farinha de trigo em 1 xícara (chá) de leite e despejei na panela. Mexi bem para engrossar sem criar grumos. Apaguei o fogo, adicionei 1 caixinha de cream cheese, provei o sal e deitei sobre a massa na forma. Levei ao forno até dourar, acho que 30 minutos em forno médio.

Servimos só com uma salada e eu achei bem gostoso. É leve e o sabor não é forte... Bem, faz aí e depois me diz, tá?

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Trucão

Foto do site Mais Você

A revista Women's Health publicou uma lista com truques dos chefs para a sua cozinha. Tem desde como preparar um tira-gosto rápido para receber os amigos até uma dica para a lula não ficar borrachuda. Eu, que acho que saber não ocupa espaço, já guardei uns para experimentar, como o "doce incrível de chocolate". Dá uma olhada lá e vê se alguma delas te serve.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Espaguete ao Alho e Óleo

Apesar de ser um clássico, eu nunca tinha feito espaguete ao alho e óleo. Adoro comer, mas achava que não era tão simples assim de ser feito. Errei, é facílimo de preparar.


Cozinhei o espaguete normalmente. Nesse caso, era um Barilla e na própria caixa diz qual é o tempo ideal de cozimento, basta seguir as instruções. Enquanto isso, descasquei e espremi 3 dentes de alho e piquei um bom punhado de salsinha. Escorri o macarrão e usei a mesma panela. Pus 2 colheres (sopa) de óleo e fritei o alho. Quando ele começou a dourar, joguei o macarrão, temperei com sal e pimenta e mexi bem. Desliguei o fogo e adicionei a salsa. Servi sem queijo, mas acredito que ficaria bom de todo jeito.

Prato lindo para um almoço preguiçoso!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Chantili de Caixinha

Vi dia desses na Casa Pedro uma caixinha de creme de leite que virava chantili. Custava R$2,90. Surtei! O chantili de spray custa 12 pilas por aqui...


Confesso que trouxe para casa sem levar muita fé, porque foi barato. Deixei na geladeira até ficar bem gelado, como indicavam as instruções. Bati na batedeira até ficar durinho e provei. É gostoso! A marca, se não me engano, é Amélia. Comemos com morangos, como está na foto. Usamos para por em cima do café. E ainda sobrou.

Melhor relação custo x benefício dos últimos tempos!

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Queijadinha de Tabuleiro

Tinha coco e queijo dando pinta na geladeira aqui de casa. Pensei em queijadinha, mas não gosto do fato de ela grudar toda nas forminhas e nem do trabalho de enchê-las. Comecei a procurar então uma receita que fosse de tabuleiro. Não achei do jeito que eu queria, todas levavam muito açúcar. Usei a receita da original, tirada do site da Nestlé.


3 ovos
1 lata de leite condensado
100g de manteiga em temperatura ambiente
5 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de queijo meia cura ralado
200g de coco seco ralado

Passe as gemas pela peneira, junte as claras e bata por 30 segundos. Junte o leite condensado e a manteiga e misture bem. Adicione a farinha, o queijo e o coco aos poucos e mexa até ficar homogêneo. Unte e enfarinhe um tabuleiro pequeno e despeje nele a massa. Leve ao forno médio por cerca de 30 minutos ou até que, ao enfiar um palito, este saia seco.

A receita original diz para fazer uma calda de açúcar e água e despejar por cima. Sim, isto deve deixar a queijadinha mais molhada. Porém, como eu não gosto de doce muito doce, não fiz. O gosto ficou ótimo, o único problema foi a separação do coco, que, ao invés de ficar misturado à massa, subiu e fez uma casquinha crocante por cima. Vou ter que tentar de novo. Ai, que sacrifício!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Parece, Mas Não É

A revista Superinteressante trouxe uma matéria com 5 comidas que parecem saudáveis, mas não são. 


Uma delas é a barrinha de cereais, que eu adoro e uso muito para matar a vontade de um docinho. Outra é o ketchup. Peraí, alguém acreditou naquela propaganda que diz que o ketchup é cheio de tomates, como se não houvesse mais nada ali dentro? Pra mim, sempre foi muito claro o fato deste alimento ser uma verdadeira porcaria (apesar de delicioso, especialmente na batata frita...hehehe... as porcarias se atraem!).

De qualquer forma, vale dar uma olhada para ver o que tem de bom e de ruim em cada um destes alimentos e fazer a compra conscientemente.

domingo, 9 de setembro de 2012

Meu Bacalhau

Chamei essa receita de meu bacalhau porque foi o jeito que eu quis fazer. Compramos estas postas já dessalgadas, prontas para uso (não me lembro a marca, mas custou 35 reais o pacote com duas "postonas").


Coloquei-as em uma travessa, dispus rodelas de batata e de pimentão vermelho em volta, joguei azeitonas pretas sem caroço por cima, temperei com sal, pimenta e orégano e reguei com muito, muito azeite. Ficou 20 minutos no forno e estava pronto o bacalhau mais gostoso que comemos nos últimos tempos.

Num restaurante, não teria saído por menos de 80 reais cada prato. Em casa, saiu por menos de 50 reais os 2!

sábado, 8 de setembro de 2012

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Rocambole de Carne

Esse prato é bem de vó, né? No meu caso, de irmã, porque ela faz um ótimo. Mas quis me arriscar e fazer o meu, com o meu recheio e temperos. Até porque é um prato fácil. Porém, como tem gente que visita o Pitaco e que não sabe muito de cozinha, vou dizer detalhadamente como fiz.


Usei 500g de carne moída. Coloquei em uma tigela, misturei 1 cebola pequena ralada, 2 dentes de alho picados, 3 colheres (sopa) de aveia em flocos e temperei com sal e pimenta. Amassei bem, para ficar homogêneo e abri sobre um retângulo de papel alumínio.


Como recheio, usei fatias de peito de peru defumado, cenoura ralada e folhas de espinafre. Muita gente usa bacon e linguiça, mas, como eu não como carne de porco, substitui pelo peru. Tem também que coloque ovos cozidos. Fica igualmente gostoso e bem bonito quando fatia, mas fica difícil para enrolar.


Na hora de enrolar, ajuda se você utilizar o papel alumínio. Você começa enrolando com o papel alumínio, mas sem colocá-lo para dentro do recheio, claro. É preciso enrolar um pouco e puxar o papel para trás, enrolar mais um pouco, puxar o papel. Como a carne é moída, a tendência dela é se separar. O papel faz com que ela permaneça unida. Vá assim até terminar. O rocambole vai ficar na pontinha do papel. Enrole o alumínio por cima do rocambole, fazendo uma capa e transfira para uma travessa.


Leve ao forno médio - mais para forno baixo - por cerca de 20 minutos. Retire o papel alumínio para que o rocambole fique corado e com casquinha e deixe uns 10 minutos. Pronto! É só fatiar e servir com arroz branco e salada.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Penne com Frango em Cream Cheese

Comida rápida para quem está com fome é sinônimo para macarrão. Nesse caso, usamos novamente o mini penne de que falei aqui. Porém, na combinação frango + cream cheese.


A massa foi cozida em água e sal. O frango, já previamente cortado em cubinhos, foi refogado com óleo e alho picado em uma panela, até que dourasse. Temperei com sal e pimenta e misturei uma caixinha de cream cheese e o macarrão. Misturei e servi.

Simples assim!

domingo, 2 de setembro de 2012

Como Fatiar e Picar Cebolas

A revista Prazeres da Mesa tem uma série de vídeo receitas no You Tube que muito ajudam aqueles que estão iniciando na cozinha e que têm dificuldade de executar tarefas aparentemente simples como cortar cebolas.

Eu não faço deste jeito. Eu descasco, corto em fatias, depois as empilho e pico em pedaços. É claro que vou tentar este, até porque dá pra treinar e fazer bem rápido, tipo a Julia, do filme Julie & Julia. Depois conto se consegui.

Tem outros vídeos lá, ensinando a fazer batatas, harmonizar prato e vinho etc. Bom pra aprender.


Se você não estiver conseguindo visualizar o vídeo, clique aqui.

sábado, 1 de setembro de 2012

Torta Fácil de Banana

Receita tirada do site da Ana Maria Braga. O nome diz tudo porque a sobremesa é realmente fácil de fazer. É misturar os secos, montar a torta e colocar no forno. Fiz metade, porque as bananas que estavam aguardando a hora da morte na geladeira eram só cinco.


Numa tigela, misture 1/4 xícara (chá) de açúcar com 1/4 de xícara (chá) de açúcar mascavo. Junte 1/3 de xícara (chá) de farinha de trigo e misture bem. Reserve. Unte um pirex com manteiga e polvilhe a mistura seca, deixando sobre umas 4 colheres (sopa). Arrume as bananas cortadas em fatias no sentido do comprimento, polvilhe o chocolate meio amargo cortado em pedacinhos (usei metade de uma barra, cerca de 85g) e a mistura seca reservada. Bata 2 ovos pequenos e despeje no pirex, fazendo o possível para cobrir toda a torta (o que você pode ver pela foto que eu não consegui). Leve ao forno médio por uns 30 minutos e sirva quente.

Se tivesse uma bolinha de sorvete de creme teria sido a perfeição. Mas, de qualquer forma, estava gostosa. Mais ainda por ter dado pouco trabalho!