segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Dicas

O blog dcoracao.com fez uma postagem com dicas para o lar, ou seja, ideias para nós que usamos a cozinha, um modo de facilitar a vida. Tem vários "pitacos" lá, clica pra ver.


A que eu mais gostei foi essa: usar um escorredor quando for servir o gelo, porque assim ele derrete mais devagar e não fica boiando na água. Como eu nunca pensei nisso???

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Linguini ao Limone

Eu curto massa sem molho sofisticado. Tipo alho e óleo, sugo... E gosto muito de massa com molho de limão, especialmente se for para acompanhar algum tipo de carne. É estranho como não temos o costume de acompanhar a massa com carne, como fazem os italianos.


É muito simples de fazer. Cozinha-se a massa al dente, como sempre. Para o molho, leva-se ao fogo, em uma panela, um pouco de manteiga e doura-se aí um tanto de cebola. Nada tem medida, vai ao gosto do freguês. Depois, junta-se creme de leite, suco de limão e tempera com sal e pimenta. Acrescenta-se o macarrão, mexe bem e está pronto.

A carne, cada um faz a seu modo. No nosso caso, era frango em cubinhos, que foram dourados com bastante alho.

Dupla gostosa demais, já a repetimos muitas vezes. Ah, e foi inspirada num prato do La Mole, restaurante aqui do Rio, mas lá é servido ao contrário: o molho de limão está na carne e o macarrão é que é puxado no alho.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Comida de Minas II

Fizemos uma viagem, em 2010, para as cidades históricas de Minas Gerais. Foi um verdadeiro deleite, cultural e gastronomicamente falando. Comemos horrores e focamos no pratos mais tradicionais. Desta vez, foi diferente, até mesmo porque o lugar era outro. A viagem foi para Belo Horizonte, com a intenção de conhecer o tão falado museu Inhotim. Sendo assim, a comida foi, digamos, mais contemporânea.


Belo Horizonte é famosa por seus botecos e por ter dado início ao festival Comida di Buteco, que hoje está presente em várias cidades do Brasil. O boteco Casa Cheia fica no Mercado Central e já ganhou algumas vezes o título de petisco do ano neste festival. Fomos até lá para provar delícias e, apesar da espera por uma mesa (o lugar honra o nome), valeu a pena.


O prato da foto lá de cima é o Mexidoido Chapado. Trata-se de um mexidão de arroz com picanha, lombo defumado, linguiça caseira, bacon, legumes no azeite, um ovo de codorna frito e pimenta biquinho. Ainda é servido numa frigideirinha de ferro que dá vontade de sair pra comprar.

O outro prato que provamos foram as almôndegas exóticas: almôndegas de carne-de-sol recheadas com queijo ao creme de abóbora com manjericão. É servido com arroz de brócolis e batatas fritas. E a pimenta biquinho, aquela que não queima a boca, só dá um ardidinho leve e gostoso. Ambos os pratos eram diferentes do que estamos acostumados a ver como comida mineira e ao mesmo tempo tinham toda a inspiração nela.


Como estávamos com meu sobrinho adolescente, resolvemos jantar em uma lanchonete super bacana: o Eddie Fine Burgers. O lugar é decorado no estilo anos 50, bem americano, "transado". Comemos um Italian Style (pão de hamburger com gergelim, carne, mussarela de búfala, molho à base de mostarda, rúcula e tomate seco ) e um San Francisco (pão de hamburger com gergelim, carne, queijo, cebola marinada no shoyu, maionese, alface e tomate). Os dois vieram com batatas fritas, estavam gostosos, mas, preciso dizer, o Italian Style é maravilhoso!!!


Para arrematar a noite, banana split. Não comia esta sobremesa há anos, é uma lembrança forte da infância. Pela foto já dá pra ver que estava perfeita. Foi rapidamente devorada.


O último, porém não menos importante, restaurante da viagem foi o Xapuri. Ele é um dos principais restaurantes de comida regional de BH e, provavelmente, o mais famoso. A comida é de primeira, adoramos tudo.


Meu predileto foi esse: bolinho de mandioca com recheio de mussarela. Provamos também o pastel de angu com recheio de carne seca. Este último estava um pouco gorduroso pro meu paladar, porém o sabor era bem bom. Pedimos meia porção de ambos, porque, como todo mundo sabe, fartura é o princípio da comida mineira.


O prato principal foi vaca atolada. Pra quem não conhece, é um panelão com costela de boi cozida com mandioca e temperos. Veio com arroz, feijão e couve e nós pedimos também uma porção de feijão tropeiro. O caldinho da carne foi a estrela do prato, junto com a carne desfiando de tão macia. Um deu pra três pessoas comerem e ainda sobrou um pouco.


Para arrematar a refeição o restaurante oferece café passado no coador e bolo de mandioca fresquinho. Irresistível! Até mesmo pra quem está com a barriga cheia.


Resumo da ópera: voltei alguns quilos mais gorda, munida de frigideira de ferro, queijo meia cura e da Serra da Canastra, um saco de pimenta biquinho e um pote de doce de leite. É impossivel ir a Minas Gerais e não estar rodeada por comida saborosa o tempo todo. Na boa, tenho sorte de não morar nessa terra, porque ia ter obesidade mórbida!!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Guisado Rústico

Este prato é uma versão deste outro. E estou certa de que muitas outras virão, porque Marido adora um guisado. Agora ele fez com batatas e também ficou bom. O molho com o arroz fica divino!


Ele fez picando 300g de carne e selando-a na panela com óleo. Juntou alho e, quando estava bem fritinha, adicionou um pouco de vinho tinto e mexeu. Vieram então os legumes: batatas e cenouras grosseiramente cortadas para dar um ar rústico. Um pouco de alecrim já no fim do cozimento, um pouco mais de vinho para aumentar o delicioso molho e pronto! Enquanto tudo isso acontecia, o arroz integral cozinhava. Jantar gostoso e caseiro.

Dica boa : isso é comfort food express!

domingo, 22 de janeiro de 2012

Drinques de Cinema

Uma das minhas metas para 2012 é só beber em ocasiões especiais. Isso porque meu fígado não está 100%, pretendo poupá-lo. Me pareceu um bom caminho trocar a cerveja por drinques, uma vez que estes ficam ali na sua mão um tempão, você vai bebericando, enquanto aquelas "descem redondo" e "sempre pedem mais uma".


E foi numa pesquisa sobre o assuntnto que achei o site da revista Casa e Jadim, que listou os 8 drinques mais famosos do cinema. O cosmopolitan de Sex and the City está lá, assim como um drinque do filme Cocktail, com Tom Cruise, e o martíni do agente 007.

Alguns filmes eu não vi, mas o drinque me atraiu e vou tentar. É o caso do White Russian, que em breve vai dar pinta por aqui...

sábado, 21 de janeiro de 2012

Arroz Integral com Curry e Abacaxi

A receita, achamos num livrinho de delícias light. Mas o que chamou a atenção foi mesmo o abacaxi servindo de travessa para o arroz. Não tinha como não fazer!


É bem simples de fazer: lave 1 xícara (chá) de arroz integral e coloque na panela, cobrindo-o completamente com água fervente. Acrescente 1colher (chá) de sal e a mesma quantidade de curry. Leve ao fogo até que esteja cozido e desligue-o um pouco antes de estar totalmente seco. Misture 4 colheres (sopa) de passas pretas e 1 colher (chá) de gergelim e reserve. Corte 1 abacaxi pequeno longitudinalmente, retire parte de sua polpa e recheie com o arroz cada uma das partes. Leve ao forno alto e deixe assar por meia hora.

Se quiser, pique a polpa retirada do abacaxi e misture-a ao arroz. Fica com um sabor mais forte da fruta. Fica especial se for sevido com um peixe ao molho de leite de coco.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Meu Apetrecho para Ovos

Não gosto de ovo frito. Até como, mas não gosto. Especialmente daqueles que têm a gema mole e umas pocinhas de gordura em cima da clara. Por isso, faço "ovo frito" no microondas.


Uso esse utensílio aí de cima, que comprei numa dessas lojas de 1,99. Se você colocar os ovos no lado esquerdo, como eu fiz, terá um "ovo frito". Caso queira fazer uma omelete, é só colocar a mistura de ovos e o que mais você quiser do outro lado. Depois, é fecha e leva ao microondas pelo tempo ideal para o seu forno (no meu, existe a tecla ovo, mas também posso colocar por 1 minuto na potência alta). O melhor é que não precisa furar a gema porque, ainda que o ovo exploda, não suja nada além do utensílio. E o ovo não gruda no plástico, pode ficar tranquila.


Aqui, o ovo, já pronto para ser devorado. Sem um pingo de gordura, mas cheio de sabor.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Sobremesa Light

Essa sobremesa é bem doce, então mata a vontade de quem está de dieta. E além disso, inclui uma fruta, o leite do sorvete e a canela, que - dizem - é daqueles alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo.


Marido quem fez. Ele fatiou uma maçã e colocou as fatias de maneira arrumada em uma frigideira quente. Por cima, ele polvilhou 1 colher (sobremesa) de açúcar light. Virou as fatias para que elas caramelassem e ficassem com esse douradinho aí da foto. Então, ele as colocou no prato desse jeito bonitinho, com uma bola de sorvete light de creme no meio e polvilhou 1 colher (chá) de canela sobre tudo.

Aqui, nós dividimos o prato. Assim, ambos comemos um docinho sem exagerar. Porque se deixar, amiga, eu como tudo e quero mais!!!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Kit Kat Caseiro

O site da revista Casa e Comida está ensinando a fazer um kit kat em casa. A receita está aqui e não parece difícil.


Tenho muito medo de tentar e ficar viciada para sempre... Acho melhor não...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A Farofa Nossa de Cada Dia

Você conhece alguém que não goste de uma boa farofinha? Aqui em casa amamos! E ficamos sempre tentando variar, apesar da clássica com ovo ser a minha predileta. Essa é de cenoura, mas fazemos também de azeitona, de damasco, de ervilha e milho e do que mais estiver precisando ser usado. Dá certo e fica delicioso.


O modo de fazer é sempre o mesmo: derreter a manteiga, acrescentar o ingrediente, refogá-lo um pouco, acrescentar a farinha de mandioca, um pouquinho de sal e mexer em fogo baixo até que a farinha doure um pouco. Às vezes, coloco uma cebola picadinha pra dourar na manteiga junto com o ingrediente, às vezes adiciono um pedaço bem pequeno de caldo de frango e às vezes adiciono também mais um pouco de manteiga no final, para ficar mais molhadinho. Em geral, não uso bacon ou linguiça porque não sou da carne de porco, mas, querendo, também fica gostoso. E um pouquinho de cheiro verde picado no final dá um toque incrível.

Então vai, se joga na farofa você também!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sonho de Consumo

No momento, esse é o meu objeto de desejo. Tinha planejado trazê-la dos EUA, mas na confusão de perda de mala e reaparecimento já tínhamos tanta tralha pra trazer que ela não caberia. Fica pra próxima (espero que seja breve, porque estou aguando...)!

domingo, 15 de janeiro de 2012

Delícia Tricolor

Onze horas da noite, uma vontade danada de comer doce. O que fazer? Ir pra cozinha e preparar esta delícia!


Você vai precisar de:

1 lata de leite condensado
1 xícara (chá) de leite
2 gemas
1 colher (sobremesa) rasa de maisena
1/2 caixinha de morangos maduros
2 colheres (sopa) de cointreau
1/2 caixinha de creme de leite
2 colheres (sopa) de chocolate em pó

E faz assim:

Corte os morangos em pedaços pequenos e deixe marinar com o cointreau. Enquanto isso, leve ao fogo metade da lata de leite condensado com as gemas peneiradas e a maisena dissolvida no leite. Mexa até engrossar. Despeje este creme em copos, espalhe o morango por cima e reserve. Misture o restante do leite condensado com o chocolate em pó e leve ao fogo até formar um creme. Retire, misture o creme de leite e espalhe por cima dos morangos. Leve à geladeira (ou ao freezer, depende do seu gosto) até gelar e sirva.

Se fizer em copos grandes, como eu fiz, o normal é um copo servir duas pessoas. Se estiver no desespero do doce como nós estávamos, o normal é um copo servir uma pessoa e ela ainda querer mais um! Ô coisa boa!

sábado, 14 de janeiro de 2012

Livros de Culinária

Adoro livros de culinária e tenho vááários! Dos gigantes ao pequeninos, de culinária regional a comida caseira, doces e salgados, de receitas e de dicas. E sempre quero mais, mesmo sabendo que não tenho onde guardar.


Hoje no Privalia está tendo uma liquidação de livros da Larrouse, que tem livros de culinária ótimos, com aquelas fotos que dá vontade de comer. O que é esse de cupcakes, minha gente? Ai, meu deus, é preciso muito autocontrole...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Macarrão Tailandês

Vimos no supermercado um saquinho de legumes congelados, da marca Daucy, chamado "Mistura Tailandesa". Fixei e trouxe pra casa. Pensava em fazer uma receita típica e coisa tal, mas acabou rolando meio que um yakissoba, porque a geladeira não estava dando muitas outras opções.


Cozinhei dois pacotes de macarrão instantâneo (e joguei os temperos fora) por 2 minutos. Reservei. Em uma frigideira grande, coloquei 1 colher (sopa) de óleo e fritei 250g de peito de frango cortado em cubinhos. Adicionei o saco de mistura, temperei com 1/2 xícara (chá) de molho de soja, 1 colher (sopa) de açúcar e 1 colher (sopa) de molho de pimenta. Juntei o macarrão, mexi para incorporar tudo e servi.

Ficou delicioso. A mistura contém mini-milho, cenoura em rodelas, cenoura amarela ralada, ervilha torta e combinou bem com o macarrão. Há também as misturas chinesa, japonesa e caribenha, as quais em breve experimentarei. Conto aqui se for bom.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

As Tendências Gastronômicas para 2012

O ano começa e todas as revistas fazem as suas previsões. As revistas femininas vêm com os mais variados horóscopos, as de carro, com os grandes lançamentos do ano e as de culinária, como a Menu, trazem o que vai bombar no mundo da comida.


Na opinião da maioria, a moda continua sendo a culinária do Sudeste Asiático. A chinesa e a japonesa já se tornaram clássicos e a tailandesa já é bastante conhecida (vou até postar a minha inspiração). Devemos ter agora a coreana, que apresenta sabores novos para os nossos paladares. Eu, particularmente, acredito na popularização dos restaurantes mais naturais, seguindo as tendências ambientalmente corretas e voltados para a saúde.

No mais, é aproveitar 2012 para provar coisas diferentes, porque ficar comendo o mesmo de sempre é abrir mão das delícias da vida.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Arroz de Carreteiro

Isso é o que eu chamo de consciência ecológica. Fizemos o reaproveitamento da comida do Chapéu de Couro, restaurante do qual falei no post abaixo. Do gigantesco prato que pedimos, sobrou carne de sol e aipim. Muita! Não ia deixar eles jogarem fora! Pedi que embalassem pra viagem, pelo custo de 1 real a mais na conta, e tivemos um jantar incrível no dia seguinte.


Piquei cebola e a carne. Marido refogou a cebola em óleo até que ficasse transparente, juntou a carne e fritou um pouco. Adicionou arroz lavado, um tiquinho de sal, água e tampou. Enquanto isso, esquentei bem um panela com óleo e "refritei" os pedaços de mandioca. Quando o arroz cozinhou, mas ainda ficou levemente úmido, servimos.

Arre égua! Ficou um prato danado de bom!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Restaurante Chapéu de Couro

Não tirei fotos do prato, essa encontrei no blog do restaurante. O Chapéu de Couro é, pra mim, o melhor restaurante de comida nordestina do Rio. Os pratos são muito bem servidos, dão para três, quatro pessoas com facilidade e custam cerca de 50, 60 reais. Eu considero uma ótima relação custo-benefício, especialmente se considerarmos que as coisas são deliciosas.


Já provamos alguns pratos e alguns petiscos e nada decepcionou. Desta última vez, fomos de Genival Lacerda: baião de dois, queijo coalho, aipim frito e carne de sol na brasa. O site mostra todo o cardápio, só não tem os preços (acho tão legal botar preços no site!!!). Mas vai por mim. Se você mora perto do Méier, Anil ou Bonsucesso e quer comer uma boa comida regional, esse é o lugar!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Quiche de Brócolis

Receita bem gostosa e dá pra fazer também com escarola ou espinafre. E também pode congelar: é só embalar a quiche já assada e fria, que dura até 3 meses. Pra descongelar, deixe na geladeira com antecedência e leve novamente ao forno quando estiver descongelada.


Massa:

1/2 xícara (chá) de leite
1/2 tablete de caldo de legumes
100 g de manteiga
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento químico em pó

Recheio:

1/2 tablete de caldo de legumes
1 caixinha de creme de leite
1 ovo batido
1/2 xícara (chá) de queijo prato ralado
2 xícaras (chá) de brócolis limpo e cozido


Massa: Leve ao fogo o leite com o caldo de legumes, mexendo bem até dissolvê-lo completamente. Reserve. Em uma tigela, peneire a farinha com o fermento. Faça um furo no centro, coloque a manteiga e aos poucos vá despejando o leite reservado, misturando com a ponta dos dedos, até formar uma massa lisa, que desgrude das mãos. Embale em filme plástico para uso culinário e deixe descansar por cerca de 20 minutos. Enquanto isso, prepare o recheio.

Recheio: Em uma panela, coloque o caldo de legumes e três colheres (sopa) de água. Leve ao fogo baixo, mexendo bem até dissolver. Junte o creme de leite, o ovo, o queijo prato e reserve.

Montagem: Em uma superfície lisa e enfarinhada, abra a massa com o auxílio de um rolo de macarrão. Forre o fundo e as laterais de uma forma de aro removível (25cm de diâmetro). Espalhe o brócolis, cubra com o recheio e leve para assar em forno médio (180°C) por cerca de 40 minutos. Quando a quiche estiver com o recheio consistente, retire do forno e sirva a seguir.

Fica bem bom e é ótimo para servir no lanche e fazer as crianças comerem legumes!

domingo, 8 de janeiro de 2012

Receitas de Verão

O site da Nestlé colocou no ar um especial sobre receitas de praia. Isso quer dizer receitas de verão, aquelas que você pensa e baba nesta época do ano. Como a casquinha de siri aqui debaixo.


Dá uma olhada e vê se gosta de algo. Mesmo sendo esse verão um dos mais esquisitos que já vi (pelo menos aqui no Rio)!

sábado, 7 de janeiro de 2012

Bolo de Chocolate

Ainda sobre o níver do Marido... Quis fazer cupcakes de chocolate e enfeitar com o spray que postei aqui embaixo. Busquei uma receita no Mdemulher e... não deu certo. O cupcake ficou super duro, com gosto esquisito e cheiro de pipoca doce! Catei meu caderninho de receitas e achei uma receita de bolo clássico.


Bati 4 ovos com 2 xícaras (chá) de açúcar por quase 10 minutos. Em seguida, acrescentei 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de leite morno, 3 colheres (sopa) de chocolate em pó e 1 colher (chá) de fermento. Levei ao forno em um pirex untado e enfarinhado por 30 minutos. Quando tirei do forno, já era quase meia noite e precisávamos cantar os parabéns, senão o dia do aniversário acabaria. Fui decorando com a cobertura, mas, como o bolo estava quente, ela derreteu e virou uma coisa só. Ainda joguei miçanguinhas de chocolate por cima para dar uma melhorada na cara, mas...

Bom, a receita não é das melhores, gosto mais desse bolo aqui. Foi só porque gosto de experimentar receitas novas. Talvez ela seja muito boa para rechear e cobrir, porque o bolo tem um sabor mais neutro e fica bem alto e fofo. Infelizmente, não era o meu caso, eu queria algo bonitinho. Não consegui!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Creme para Decorar Cupcakes

Trouxe dos "esteites" este spray para decorar cupcakes. Fiquei louca quando vi isso no Walmart! Parecia fácil de usar e o cupcake da foto estava lindo. Ele vem com 4 tipos diferentes de bico, ou seja, dá pra fazer os mais variados desenhos.


A marca é Betty Crocker e o gosto é muito bom, especialmente se considerarmos que é algo pronto. E aí, pergunto: alguém sabe se vende desse tipo de coisa por aqui?

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Petisco de Azeitona e Ovo de Codorna

Mais um petisco feito para o birthday do Marido. Vi a receita no Rainhas do Lar e fiz bem parecido. Essas azeitonas gigantes são azeitonas chilenas, também conhecidas como azapas. São vendidas em supermercados, na área de conservas, ou em lojas especializadas, como a Casas Pedro, aqui no Rio.


Foi fácil, fácil de fazer. Cozinhei os ovos de codorna por 20 minutos e descasquei. Escorri bem as azeitonas e as temperei com um tantinho de vinagre, bastante azeite e um punhado de alho picado torrado. Misturei os ovos com cuidado e deixei apurar na geladeira por cerca de uma hora. Tranferi para um pote e servi, deixando os palitinhos bem próximos.

Sugiro que você não use azeitonas pretas comuns. Primeiro porque estas são muito suculentas e se desprendem do caroço com facilidade, sendo, portanto, melhor para serem comidas assim no meio de todo mundo. Segundo porque elas são maiores do que as azeitonas comuns e os ovos de codorna ficam proporcionais a elas. E esse mix de preto e branco fica ótimo!

Esse é o petisco mais rápido que conheço! E não cai no lugar comum!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Espadas para Petiscos

Comprei isso para a festa de aniversário de Marido. São palitos-espadas para pegar petiscos. Não é kitsch?


Tenho que admitir que adoro esses apetrechos bem humorados...

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Petisco de Damasco com Gorgonzola

Marido fez aniversário há alguns dias atrás. Essa foi a mesa de petiscos que preparamos, todos adequados para um encontro informal, perfeitos para serem comidos em uma bocada só e pegos com a mão mesmo. Tinham amendoim colorido (verde, vermelho e amarelo), joelhinhos de blanquet e mussarela e de queijo e cenoura, petisco de azeitona e ovos de codorna (cuja receita eu posto em breve) e o de damasco e gorgonzola. 


Esse é bem simples de fazer. Usei 400g de damasco doce, meio pote de cream cheese e uns 100g de gorgonzola. Abri os damascos ao meio, sem separá-los totalmente. Fiz uma pasta com o gorgonzola e o cream cheese, amassando com o garfo para misturar bem. Com uma colher de chá, passei a pasta dentro do damasco e fechei, formando um sanduichinho.


Daí, foi só dispor em um prato e levá-los para serem devidamente devorados!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Torradinhas para Canapés

Se vocês forem dar uma festa e precisarem da clássica torradinha para servir com patês, essa é a melhor! Vem num pacote com 60, ou seja, torrada à beça. Mas calcule muitas pra cada convidado, pois elas são deliciosas.


A maior vantagem é que elas vêm inteiras, é raro ter uma quebrada, e são muito crocantes, faz barulhinho quando come. Deixe de lado o preconceito, se desapegue da marca que costuma usar e experimente esta. Depois me conta.

domingo, 1 de janeiro de 2012

Chocotone Recheado

Em tese, hoje é o último dia antes de você iniciar a sua dieta, não é? Então, aproveite aqueles minichocotones (ou os grandes panetones, tudo bem) que sobraram do natal e faça essa receita incrível. Você precisar dos chocotones, sorvete e chocolate ao leite.


Faça um buraco no chocotone e preencha-o com sorvete de sua preferência - nós fomos de carioca, aquele que é metade creme, metade chocolate. O buraco não pode ser tão grande que desmonte o chocotone, nem tão pequeno que não caiba uma quantidade boa de sorvete.


Em um recipiente pequeno, você quebra 30g de chocolate ao leite e leva ao microondas por 30 segundos. Mexa bem para derreter o chocolate. Espalhe sobre o chocotone, formando uma "tampa" para o sorvete, que por ser mais frio vai endurecer o chocolate.

Está pronta a sobremesa perfeita para iniciar o ano e se despedir das delícias engordativas antes de começar sua superdieta.