quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Muffin com Geléia

Marido viu essa receita no verso da embalagem de forminhas para cupcakes e adorou. Ficou pensando que muffins cairiam muito bem no lanche da tarde, especialmente se fossem acompanhados pela geleia de framboesa que tínhamos em casa. Foi lá e fez. Sendo assim, vou só reproduzir a receita, porque o único comentário que posso fazer é dizer que eram deliciosos.


3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
4 colheres (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de leite
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (chá) de essência de baunilha

Bata as gemas, o açúcar e a manteiga até obter um creme esbranquiçado. Diminua a velocidade da batedeira e alterne a farinha com o leite. Aumente a velocidade e bata até que se torne uma massa homogênea. Desligue a batedeira, acrescente o fermento, a essência e as claras em neve. Coloque em forminhas para cupcakes e leve para assar em forno médio por cerca de 40 minutos.

A massa do muffin é diferente da massa do cupcake porque é mais pesada, não fica tão molhada, nem doce. Por isso, é sempre bom acompanhar com geleia ou doce de leite. Marido fez 1/3 da receita e rendeu 8 muffins. Ficaram incríveis junto com um cappuccino quentinho e a melhor companhia do mundo!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Peixe Rápido

Sabe aquela moqueca que todo mundo gosta, mas nem sempre dá tempo de fazer? Esse peixe tem uma inspiração na moqueca, apesar de não levar leite de coco ou azeite de dendê. E nome não deixa a desejar também.


Tempere 4 filés de peixe (no meu caso, filé de pescada) com suco de limão, sal e pimenta e deixe por 5 minutos. Em uma frigideira, coloque 2 colheres (sopa) de azeite e as postas de peixe com o suco que restar. Frite por 3 minutos, vire e espalhe 1 tomate bem maduro picado e 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco. Tampe e espere 5 minutos. Polvilhe bastante salsa picada e sirva.

Para mim, só um arrozinho branco foi suficiente. Acredito que uma salada de folhas também podia combinar. De qualquer forma, é um almoço leve e saudável, perfeito para o dia seguinte àquele de comilança, em que você fica enjoada só de pensar no tanto que comeu (mea culpa!)...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Bife à Parmegiana do Marido

Isso não é uma receita, é só uma dica. Dias atrás, estava com muita vontade de comer bife à milanesa e Marido, que faz um ótimo, foi pra cozinha fazer. Na hora, ele decidiu que seria à parmegiana, porém com o queijo junto ao bife e o molho por cima.


E não é que ficou maravilhoso? Deu uma consistência cremosa, que contrastou com o crocante do bife. Sensacional! Na foto, com arroz maluco (outra especialidade dele) e batatas noisette.

domingo, 11 de novembro de 2012

Cobertura para Cupcake

Minha prima (que é também uma grande amiga e praticamente uma irmã, além de companheira de muitas horas) vai casar. Para o chá de panela, ela pediu que eu fizesse cupcakes. Momento de tensão: como assim fazer cupcakes que todo mundo vai ver? Bom, um pedido dela eu não poderia negar e lá fui eu pra cozinha.


Fiz a massa de coco, que já tinha postado aqui, porque ela é macia e a chance de dar errado era menor. Além disso, as forminhas que eu tinha eram decoradas com desenhos de cupcakes, o que pedia uma massa branca para destacar. Achei que estes confeitinhos de coração tinham tudo a ver com a ocasião e eram muito fofos, por isso decidi fazer a cobertura rosa, para combinar.

Fiz o que alguns chamam de brigadeiro branco (no meu caso, rosa). Misturei em uma panela 3 latas de leite condensado, 3 gemas e 3 colheres (sopa) de manteiga. Levei ao fogo alto e mexi até engrossar. Demora um pouco, começa a espirrar e só chega ao ponto ideal quando você levantar a colher e o doce cair em pequenos blocos. Depois, pinguei 3 gotas de corante vermelho e ele chegou nesta cor.

Esperei esfriar, coloquei em um saco de confeiteiro de pano com bico pitanga pequeno e coloquei sobre os cupcakes. Não quis recheá-los, porque esta massa é muito macia, esfarela se você tentar retirar. Para compensar, coloquei bastante cobertura. Não cheguei muito até a borda, porque a noiva ainda iria transportá-los até o local da festa, então achei melhor não arriscar.

Eles não perderam o formato, ficaram bonitinhos até o final. E o sabor da cobertura ficou incrível. Boa pedida para usar nos próximos bolinhos.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Tudo Simples

Adoro dicas de soluções caseiras para problemas da casa. Vi no blog do Meu Móvel de Madeira umas ótimas e compartilho com vocês.


Para limpar o microondas: basta encher uma tigela de água com rodelas de limão e colocar dentro do microondas. Deixe a água com o limão cozinhar por uns 3 minutos e depois deixe a tigela descansando por mais um tempinho no forno. O vapor e o limão ajudam a remover a sujeira, que vai sair facilmente com apenas uma passada de pano limpo.

Para limpar o liquidificador: use um terço de xícara de bicarbonato para meia xícara de água. Aí é só colocar esta mistura dentro do liquidificador e bater por uns 3 minutinhos. O bicarbonato é um abrasivo ótimo para usar na limpeza de eletrodomésticos e vai deixar seu liquidificador limpinho, pronto para outra.

Para limpar o ferro de passar: espere o ferro esquentar e depois coloque sal em uma folha. Faça-o deslizar sobre o sal para remover qualquer sujeira ou resíduo que esteja grudado em sua superfície. Limpeza simples e fácil, com coisas que temos em casa.

Para tirar aquele cheiro ruim: encher uma panela com água, acrescentar rodelas de limão, ramos de alecrim e uma colher de aroma de baunilha. Deixe a mistura ferver em fogo alto e depois abaixe a chama, para o aroma durar mais. Depois é só desfrutar de um cheirinho delicioso que pode até se espalhar por outros ambientes da casa. 

Se dá certo, eu não sei, porque ainda não tentei nenhuma. Mas acredito que sim, porque bicarbonato limpa mesmo e limão é ótimo pra tirar cheiro. Só a da ferro é que não vou experimentar, pois o daqui de casa tem base de teflon, então não gruda nada. Aliás, eu super recomendo!

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Quiche de Palmito

Agora eu ando melhor nas massas, tô me entusiasmando. Eu, que tinha uma dificuldade tremenda em dar o ponto nas massas de torta, agora consigo fazê-las bem comestíveis. Não sei o que aconteceu, de repente começou a dar certo. Acho que foram os anos de treino...


Pra essa quiche, usei:

2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 ovo
4 colheres (sopa) de margarina
3 colheres (sopa) de leite

Misturei tudo em uma tigela até ficar homogêneo. Abri com a ponta dos dedos em uma forma de fundo removível e reservei.

1 vidro de palmito picado
1 cebola picada
2 dentes de alho picado
2 colheres (sopa) de margarina
2 colheres (sopa) de vinho branco
4 ovos
1 caixinha de creme de leite
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado

Em uma panela, doure a cebola e o alho na margarina. Junte o palmito, refogue, tempere com sal e pimenta, adicione o vinho e deixe evaporar. Espere esfriar e espalhe sobre a massa. No liquidificador, bata os ovos, o creme de leite e o queijo até misturar. Espalhe sobre o recheio e leve ao forno médio por cerca de 40  minutos ou até que esteja dourada e firme.

Ficou gostosa, mas achei que o sabor do queijo predominou. Na próxima, vou colocar só 1 ou 2 colheres de sopa. Mas a textura ficou ótima: durinha, porém cremosa. Perfeito para servir com salada num desses dias quentes de verão.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Jantar Japonês

Essa é só pra mostrar que Marido ainda sabe fazer comida japonesa. Ele fez um jantar pra mim com sashimis de salmão, makimonos de salmão skin, filadélfia e califórnia e ainda sunomono. Não é tudo ter um jantarzinho desses em casa?


Se você taí pensando que o seu marido não sabe fazer, vou te dar uma dica. O natal está chegando, dê para ele de presente um curso de culinária japonesa! Eu fiz isso e taí o resultado! Hehehehe...

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Brigadeirão de Microondas

Já faz tempo que eu estava com vontade de fazer um brigadeirão. Todo mundo sabia fazer isso, menos eu! Não dava, né! Eu precisava me aventurar.

Fiz uma busca na internet e achei um milhão de receitas. Havia algumas variáveis, mas a principal diferença era assar no forno ou no microondas. A decisão foi fácil: tempo de forno - 1 hora e 30 minutos; tempo de microondas - 8 minutos. Desculpa, mas eu não tenho essa paciência toda.


É sobremesa que criança faz: bata no liquidificador 1 lata de leite condensado, 1 lata de creme de leite, 1 xícara (chá) de chocolate em pó e 3 ovos. Despeje em uma forma untada e leve ao forno. No caso do microondas, a forma tem que ser de plástico ou de silicone. Usei esta última e foi muuuiito fácil de desenformar. Só polvilhei chocolate granulado e pronto!

No microondas daqui de casa, coloquei 8 minutos em potência alta, mas acho que poderia ter retirado com 7 minutos, porque ele é muito potente. A mistura não "ferveu", como acontece com o brigadeiro, não precisei nem ficar olhando. Foi botar lá e retirar quando apitou. Vi alguns comentários dizendo que a textura do brigadeirão feito no forno é diferente, mais cremosa. Sinceramente, não quero nem testar. Esse ficou delicioso, Marido e eu amamos. Gostei da consistência dele, não muito mole. E, na boa, 90 minutos contra 8 é covardia!

Agora pense naqueles convidados que chegam de última hora para almoçar ou jantar na sua casa e você não tem sobremesa para oferecer. Em 5 minutos você bate tudo no liquidificador, enquanto pega e unta a forma. Em 8 ele cozinha. Espera mais 7 minutos para ele amornar e poder desenformar e leva 10 minutinhos no congelador para dar uma resfriada. Em menos de meia hora a sobremesa está pronta para ser servida. 

É uma carta para guardarmos na manga.

domingo, 4 de novembro de 2012

Mídias Sociais

Você tem Facebook? E Twitter? E Instagram? Foursquare?

Hoje, as mídias sociais estão super fortes, quase todo mundo participa de alguma. Eu participo destas quatro acima e é lá que posto o que vejo e como por aí.


Em geral, estas são coisas que não trago para o blog. Uso muito para postar fotos de comidas que provo na rua, em restaurantes e uso o blog mais para colocar receitas que faço.

Este mês, vou fazer uma viagem e tudo que rolar vou enviando para as redes sociais. Especialmente no Instagram. Se você não conhece, é um aplicativo de fotos onde você posta imagens. Caso não tenha no seu celular, dá pra ver pelo Webstagram, que tem o link aqui no canto esquerdo do blog.

Por isso, se você quiser acompanhar minhas andanças e comilanças, segue lá. 

Twitter - @lilianpaulo
Instagram - lilianpaulo (ou no Webstagram - http://web.stagram.com/n/lilianpaulo/)
Foursquare - lilianpaulo

sábado, 3 de novembro de 2012

Mandioquinha Gratinada

Marido adora batata-baroa (ou mandioquinha, tanto faz). Mas essa nem deu tempo dele comer, porque fiz no almoço e ele perdeu. Não sobrou nada pra contar história...


Descasquei e cortei em rodelas 2 batatas-baroa médias. Refoguei cebola picada em um pouco de manteiga e adicionei 1 colher (chá) rasa de maisena dissolvida em 1/2 xícara (chá) de leite. Juntei 2 colheres (sopa) de requeijão e mexi bem até engrossar. Desliguei o fogo, temperei com sal e pimenta branca e mexi bem. Montei o prato, colocando em um pirex a mandioquinha cozida, despejando sobre ela o molho e cobrindo com queijo parmesão ralado. Levei ao forno para derreter o queijo e servi.

Não quis gratinar o queijo, pois o parmesão que comprei, por algum motivo, fica com um gosto estranho quando começa a dourar. Assim, ele ficou puxento e cobriu bem as batatas.

Receita bem gostosa, que todo mundo vai provar. E ótima para fazer em grandes quantidades, pois dá pouco trabalho.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Esmalte ou Comida?

Essa semana a grande novidade da minha manicure eram os esmaltes de uma coleção. Ela me mostrou entusiasmada as cores que tinha comprado. Nem consegui me ater a isso, porque fiquei um pouco impressionada com os nomes. Todos tinham nome de comida e um deles, pasmem, se chamava risoto de mandioquinha. 

Eu não sei quanto a vocês, mas eu acho estranho passar "risoto de mandioquinha" na unha. Aceito nomes como "desejo" e "camurça". Já me acostumei com "bombom" e "café", mas "marshmallow de alfazema" (o que vem a ser isso, meu deus?!) é um pouco demais, né?


Não sei não, acho que eu tô ficando velha pra esse mundo...

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Salmão ao Molho Teriyaki

Tínhamos um bom filé de salmão no congelador e pouquíssimos itens na geladeira, o que vetou a minha ideia inicial de fazer um salmão com salada. Parti então para o plano B: servi-lo com cuscuz de damasco e nozes. Aí, achei que ele precisava de um molho encorpado e que desse um sabor mais forte. O teryiaki era ótimo, porque tinha quase tudo o que precisava em casa.


Para os filés, temperei com sal e lemon pepper e levei ao forno médio por uns 10 a 15 minutos, pois gosto do salmão pouco cozido. O molho foi feito com 4 colheres (sopa) de shoyu, 3 colheres (sopa) de vodka (era para ser saquê, mas não tinha, usei outro álcool) e 1 colher (sopa) bem cheia de açúcar. Misturei tudo em um panela e levei ao fogo para reduzir. Você vai mexendo e deixa na consistência que desejar, mais líquido ou mais grosso. Se for servir com salada, vale adicionar um pouco de gergelim, pois dá um crocantinho. No nosso caso, já tínhamos as nozes do cuscuz, então não pus.

Ficou saborosíssimo. Este molho certamente será feito outras vezes aqui em casa, é ótimo!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Cheesecake de Doce de Leite

Desde que fomos a Nova York, no ano passado, fiquei apaixonada por cheesecakes. Mas por aqui só achava uns diferentes, feitos com gelatina. Tava precisada da receita do bichinho original. Não posso garantir que esse é o jeito tradicional de fazer, mas te dou certeza de que é fácil e fica delicioso.


Achei uma receita no You Tube do Programa Dia a Dia e fiquei encantada com a praticidade. Fiz do jeitinho que o chef ensinou: triturei 150g de biscoito maisena no processador até esfarelar bem o biscoito e juntei 1 colher (sopa) beeem cheia de manteiga em temperatura ambiente. Forrei o fundo de uma forma desmontável com essa mistura e reservei. No liquidificador, coloquei 4 ovos, 1 lata de leite condensado, 2 potes de cream cheese e bati até misturar. Despejei na forma em cima da massa e levei ao forno para assar por uma hora e meia, em forno baixo. Depois que retirei do forno, deixei esfriar um pouco e espalhei o doce de leite com uma espátula. Levei para gelar, apesar de achar doce quente uma delícia.


Duas dicas: não deixe o recheio encher a forma até a borda, porque no forno ela cresce muito - depois murcha; aproveite para assar outra coisa, pois o forno fica aceso um tempão.

Vamos combinar que queijo e doce de leite é uma combinação incrível? Não tem como ficar ruim. Experimenta isso!

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Garfield

Vi essa tirinha do Garfield e não pude deixar de me identificar. Marido e eu ultimamente estamos demais! Nos últimos três dias, fomos a um rodízio de pizza e duas churrascarias. Não que procurássemos, surgiram convites. E convites para comer são sempre irrecusáveis!


Mas agora precisamos dar um tempo. Sério!


domingo, 28 de outubro de 2012

Lasanha à Parisiense

Tô numa onda francesa: anteontem saiu a receita do Croque Monsieur e hoje a Lasanha à moda Parisiense... Très chic! Mas, como sempre, fiz adaptações no molho. O molho parisiense clássico leva presunto, frango, ervilhas e champignon. Eu não como carne de porco, então optei por blanquet de peru no lugar do presunto; champignon não tinha, relaxei.


A massa usada foi a fresca, ou seja, aquela que não precisa cozinhar antes, é só fazer o molho um pouco mais líquido e ela cozinha direto no forno. Isso faz com que todo o trabalho se concentre no recheio e na montagem. Super tranquilo.


Para o recheio, refoquei cebola picada em um pouco de manteiga e refoquei cerca de metade de um peito de frango já desfiado. Temperei com sal, pimenta, coloquei um pouquinho de salsa picada e mexi bem. No final, adicionei uma lata de ervilhas, sem o caldo, e 1/2 caixinha de creme de leite.

O molho branco foi feito com farinha de trigo dourada na manteiga e adicionando, pouco a pouco, o leite. Eu faço o molho sempre assim, ele fica bem saboroso e não empelota. Uso 1 colher (sopa) bem cheia de manteiga para 2 colheres (sopa) de farinha de trigo. E adiciono o leite lentamente, mesmo. Coloco um pouquinho, misturo, espero formar uma pasta e jogo mais um pouco. Demora, mas o sabor e a textura compensam.

Na montagem, espalhei um pouco de molho no fundo do pirex (mas devia ter untado), coloquei uma camada de massa, uma camada de recheio de frango, um pouco de molho, outra de massa, mais recheio e molho, a última de massa, espalhei o blanquet de peru, o resto do recheio, o resto do molho e o resto da caixinha de creme de leite. Por cima, fatias de mussarela. Levei ao forno médio por uns 30 minutos e estava pronta.

No nosso caso, deu para almoço e jantar. E estava bem, bem gostoso!

sábado, 27 de outubro de 2012

Ideias para o Halloween - parte 2

No outro dia, falei aqui sobre ideias para as festas de Halloween, que estão cada vez mais populares no Brasil. E o site MdeMulher fez um especial com mais algumas opções para as festas ficarem super assustadoras e legais.


Esse caixãozinho de brownie é tudo, não é?! Ah, tem opções salgadas também, porque sabemos que a festa é de doces, mas ninguém aguenta comer só açúcar a noite inteira.

No quesito bebidas, a mais comentada é mesmo o Bloody Mary, com suco de tomate. Um vinho também pode cair bem.

Bem, agora você já tem tudo anotado para a festa. Escolha a sua fantasia e caia na farra!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Croque Monsieur

É muito chato fazer almoço para uma pessoa só e fico com muita, muita preguiça de sujar louça só pra um pouquinho de comida. Então, às vezes, acabo lanchando e inovando no sanduba.


Esta receita é um clássico francês, mas não fiz de um jeito muito clássico não. Comecei tostando duas fatias de pão de forma em uma frigideira com um pouco de manteiga. Montei o sanduíche com o pão, fatias de mussarela e de peito de peru. Para cobrir, fiz um molho branco básico com manteiga, farinha de trigo e leite (qualquer dia vou fazer um passo a passo disso, porque o meu é muito bom e não empelota!). Cobri o sanduíche, polvilhei queijo parmesão ralado e levei ao forno, apenas para derreter os queijos.

Servi com uma saladinha de alface e ice tea. Pra mim, foi perfeito: leve, saboroso e diferente!

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Máquina de Pizza

Confesso que quando vi a matéria no Cyberdiet quase surtei! Pense em uma máquina que faz pizza rapidinho parada em lugares estratégicos, como perto do trabalho ou no caminho da faculdade? Essa é a ideia deste fabricante: ter pizza em qualquer lugar, sem depender de ninguém.


É muito louco, mas parece funcionar. É como a máquina de refrigerante, você coloca o dinheiro, aperta o botão e espera sair. Só que neste caso, depois que você escolhe o sabor e clica nele, a máquina prepara a massa, abre, depois coloca o molho, o recheio escolhido e leva ao forno. Não bastasse, ela ainda embala na caixinha e te entrega. Segundo o site, isso tudo não leva mais de 3 minutos e custa cerca de 12 reais.

Fala que não é demais ter pizza no meio da madrugada, num lugar que nunca fecha?!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Fettuccine com Brócolis, Peito de Peru e Ricota

Tinha visto no site da Nestlé um "Farfalle ao Brócolis Cremoso". Quis fazer um mais light, então troquei o creme de leite.  E coloquei também um alhozinho, pra dar mais sabor.


Cozinhei o macarrão, Barilla - como temos preferido -, pelo tempo indicado na caixa. Enquanto isso, cozinhei os buquês do brócolis em água e sal. Depois de cozido piquei o brócolis e o peito de peru. Dourei um dente de alho em um pouco de azeite e refoguei o brócolis e o peito de peru. Em uma vasilha, bati com o mixer um pedaço de ricota e um pouco de leite, para formar uma espécie de creme de ricota. Juntei à panela com o refogado, temperei com sal e pimenta branca e adicionei o macarrão. Mexi bem para misturar e servi.

Dizem que o que engorda a massa é o molho. Esse não engordou não. Mas nem por isso o sabor foi reduzido. Ficou realmente delicioso!

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Waffle Choconana

Lembram do waffle da Forno de Minas de que falei aqui? Criou a combinação mais perfeita do mundo junto com ganache de chocolate meio amargo e rodelas de banana. Vontade de comer todos!!!


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Frango Ferrugem

"Véi, na boa", eu adoro frango, mas tem hora que a criatividade acaba. Especialmente para o filé de peito de frango, esse item mais que batido e que não aguenta mais as poucas variações que fazemos. O molho ferrugem é uma variação do molho madeira e tão gostoso quanto.


Só vou dar a receita do molho, porque filé de frango grelhado todo mundo sabe fazer e o acompanhamento foi cuscuz com pimentões, ou seja, é só hidratar o cuscuz, temperar e misturar com pimentões coloridos cortados em cubinhos pequenos.

Depois de fritar o frango, você reserva a frigideira, pois o molho é feito nela. Derreta 1 colher (sopa) de manteiga, junte 1 colher (sopa) de farinha de trigo e mexa. Adicione 1 xícara (chá) de caldo de galinha fervente, 2 colheres (sopa) de molho shoyu vagarosamente, mexendo bem para que não empelote. sirva sobre os filés.

Tem quem recomende adicionar um pouco de milho verde no molho. Eu não fiz, mas deve ficar muito bom, porque frango e milho combinam que é uma beleza!

domingo, 21 de outubro de 2012

Ideias para o Halloween

Tudo bem, eu sei que a festa é americana e não é vinculada às nossas tradições. Mas é tão legal de se comemorar, né? Ano passado, Marido e eu chegamos à Nova York na noite do dia 31 e corremos para o Village para assistir à "parade" deles. Adoramos! Todo mundo - todos mesmo! - estavam fantasiados, tinha uns carros, tipo carro alegórico, tocando músicas e uma multidão enorme se divertindo à beça. Eu diria que é um equivalente do nosso carnaval. E confesso que tenho pensado em comemorá-lo...

Fui então buscar algumas ideias e achei coisas bem legais. Especialmente entre os doces, afinal este é o fundamento da comemoração: ganhar doces.






A maioria é fácil de fazer, especialmente a torta (que deveria ser abóbora, mas não sei se conseguirei fazer) e o cupcake de aranha com o brigadeiro em cima. Bem, tenho aí alguns dias pra me organizar, talvez faça sim...

domingo, 7 de outubro de 2012

Nega Maluca

Chamei de este bolo de Nega Maluca pra ficar mais brasileiro - apesar de ter recebido críticas pela forma preconceituosa como esta receita é chamada. O nome real da receita é Devil's Food Cake e achei-a no site Rainhas do Lar. Também já pensei em mudar o nome para O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo.


Fiz como mandava o original (ou quase):

Misturei em uma leiteira 1 xícara (chá) de leite, 1/2 xícara (chá) de açúcar e 1 xícara de chocolate em pó. Levei ao fogo, mexendo de vez em quando, até ferver. Desliguei, misturei 2 colheres (chá) de essência de baunilha e reservei.

Dissolvi 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio em 3 colheres (sopa) de água fervendo e reservei. Na batedeira, pus 1 xícara (chá) de açúcar, 1/2 xícara (chá) de margarina derretida, 1/2 xícara (chá) de leite  e o bicarbonato dissolvido. Aos poucos, fui adicionando 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 2 ovos e 1 pitada generosa de sal. Juntei o chocolate reservado e bati um pouco mais. Adicionei 1 colher (sopa) de fermento em pó e mexi até misturar bem.

Coloquei em uma forma untada e enfarinhada e levei para assar em forno médio. Retirei do forno, esperei amornar, furei com um garfo e espalhei a cobertura.

Para a cobertura, usei 1/2 caixinha de creme de leite, 1/2 xícara (chá) de leite e 170g de chocolate 55% cacau. Coloquei tudo em uma panela pequena e levei ao forno baixo, mexendo sempre, até ficar homogêneo.

O bolo fica fofinho e a cobertura só entra levemente na massa, não encharca, deixando uma boa camada por cima do pedaço. É maravilhoso! Aproveita esse domingão, corre pra cozinha e faz.

sábado, 6 de outubro de 2012

Comida de Avião

Eu adoro viajar! Não é à toa que tenho um outro blog dedicado ao tema (www.vidaeviagem.com). Tudo que envolve o tema me fascina. Gosto, inclusive, de uma coisa que quase todo mundo odeia: comida de avião.

Tenho em minha memória algumas refeições deliciosas que comi a bordo: uma omelete de queijo no voo TAM para Navegantes, um sanduíche de frango e milho no voo Varig para Fernando de Noronha, um arroz doce - do qual nem gosto - em um voo TAP para Lisboa... Ah, as delícias do catering...

Ok, vocês podem me achar louca, mas não sou a única. Existe um site - www.airlinemeals.net - em que os usuários postam e comentam as fotos das refeições que fizeram durante suas viagens. É super divertido fazer as comparações:

Gol, com seus minilanchinhos

Tam, que segue pelo mesmo caminho, apenas dando uma cara mais digna

Compare com a da Singapore Airlines, uma das melhores companhias aéreas do mundo

Veja a sobremesa! E não é na executiva não, é na econômica mesmo...

Eu não tenho (ainda) a cara de pau de fotografar, mas até gostaria de guardar como lembrança. Mas tenho certeza de que, de agora em diante, quando você comer alguma coisa gostosa no avião vai se lembrar da doidinha aqui.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Cookie de Castanha do Pará

Estava vendo uma comédia romântica americana e lá pelas tantas, quando o romance do casal parece que vai dar errado e a mocinha se desespera, a protagonista pediu à amiga uma xícara de leite e cookies para aquecer o coração. Isso me pegou imediatamente, não no coração, mas no estômago, e fiquei doida por cookies e leite. Tão logo o filme terminou, fui pra cozinha e de lá saiu esta delícia.


Vamos à receita:

3/4 xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente
1 xícara (chá) de açúcar
1 gema
1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 xícara (chá) de aveia em flocos
1/2 xícara (chá) de castanha do pará picada

Misture o açúcar e a manteiga em uma vasilha até ficar uniforme. Adicione a gema e misture. Junte a farinha, o bicarbonato e mexa. Acrescente a aveia e a castanha, sempre misturando. Aqueça o forno e forre uma forma com papel manteiga. Faça bolinhas de massa e achate-as um pouco (não muito fino, porque ainda irão se espalhar um pouco quando aquecerem). Coloque na forma deixando um espaço entre eles. Leve ao forno médio até começarem a dourar nas bordas. O processo é rápido, é bom ficar de olho.

Eu nem sou muito de tomar leite, ainda mais puro. Mas ele geladinho, com esses cookies, formou uma combinação perfeita. Experimenta!

A inspiração veio daqui ó.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Cupcake para o Dia das Crianças

Dia das crianças chegando. Pense em como elas ficariam felizes em ter isto no café da manhã (eu também ficaria, inclusive!). Eu não vejo problema nenhum: tem bolo e cereal, coisas que todo mundo come no café da manhã... Hehehe...


quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Farfalle com Zucchini

Sabe as sobrecoxas marinadas de que falei aqui? Fiquei com pena de jogar a marinada fora porque estava tão apetitosa... Então, usei-a para fazer este macarrão gravatinha com abobrinha.


Cozinhei o farfalle - usei o integral - normalmente, em água e sal. Escorri, e na mesma panela coloquei um fio de azeite, um pouquinho de alho picado e refoguei as abobrinhas. Juntei a marinada e deixei apurar, de maneira que reduzisse o líquido e cozinhasse as abobrinhas. Por fim, juntei o macarrão, mexi bem para misturar e servi.

Não pus sal nem pimenta porque o shoyu (da marinada) já é salgado e o caldo estava bem temperado. Não quis polvilhar queijo ralado para que ficasse mais "light". E tive um almoço bem gostoso e levinho.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Café Bombom

Vi no Facebook um post da Dolce Gusto mostrando um café incrível. Não era bem um café, mas uma espécie de drink. No meio da tarde, eu doida por um doce, fiquei com aquilo na cabeça e não sosseguei enquanto não fiz. Taí o bicho:


Metade da xícara é leite condensado, por cima um café quentinho. Eles não se misturam até que você meta a colher e mexa. Pense no café com leite mais gostoso da sua vida. Foi exatamente isso que eu tomei! Só não posso é viciar, né? Nem pensar em quantas calorias isso tem...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Salada de Lentilhas com Tomate e Manjericão

Salada simples, leve e refrescante, perfeita para as noites de verão. E também é super rápida de fazer, caso você, como eu, congelar as lentilhas cozidas.


Descongelei-as de um dia para o outro na geladeira. Eu cozinho sem tempero nenhum, porque acho que me dá mais possibilidades na hora de usar. Para duas pessoas, usei 1 1/2 xícara (chá) de lentilha cozida, 1 tomate bem maduro picado e 1/4 xícara (chá) de folhas de manjericão grosseiramente picadas. Misturei tudo e temperei com sal, pimenta, azeite e vinagre.

Para acompanhar, um bom filé de peixe grelhado. Tudo feito bem rápido, porque não tô podendo perder nenhum pedacinho da novela...

domingo, 30 de setembro de 2012

Bacon e Ovos

Olha que legal essa ideia que eu vi no site da Martha Stewart! É uma reconstrução do velho café da manhã americano com bacon e ovos. E uma nova utilidade para as formas de cupcake.


Você unta a forma, forra cada buraco com as fatias de pão previamente afinadas com um rolo, encaixa o bacon já frito, quebra um ovo por cima, tempera com sal e pimenta e leva ao forno. Achei demais! Se eu comesse bacon, certamente faria para um café dominical estilo brunch.

sábado, 29 de setembro de 2012

Sobrecoxas Marinadas

Antigamente, sempre comprávamos no supermercado umas sobrecoxas marinadas da Sadia que vinham prontas para irem ao forno. Era bem prático e o tempero, delicioso. Mas há muito tempo não vemos no supermercado, o que me obrigou a mudar de tática. Trouxe esta da Rica porque já vinham sem pele e parti para o tempero caseiro.


Gostei da receita do Marcelo e fui por aí. Fiz uma marinada com cebola picada, vinho tinto, shoyu, tomilho, alecrim, sal e pimenta. Coloquei em um saquinho, porque acho mais fácil para virar, e deixei na geladeira de um dia para o outro. Na hora de levar para assar, retirei somente as sobrecoxas e reservei o molho para fazer outra receita, que depois posto aqui. Cobri com papel alumínio por 30 minutos e depois deixei mais 20 sem ele, para dourar.


As sobrecoxas ficaram suculentas por dentro, crocantinhas por fora e com um tempero bem gostoso. Pediam um acompanhamento leve para destacar o frango. Fomos de salada de rúcula e brócolis ao alho. Tudo leve e saboroso.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Couvert do La Mole

Pra quem é carioca ou já veio ao Rio e foi ao restaurante La Mole, essas delícias da foto não são novidade. O couvert do restaurante é o item mais famoso do cardápio. Conheço quem vá lá só para comê-lo e tomar um choppinho. Mas não vou ficar aqui dedurando as pessoas...

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Cocada de Colher

Eu estava estudando para um concurso. Quem já estudou muito para algo sabe que depois de um certo tempo parece que você não está aprendendo nada. Pra mim, a solução para estas horas é comer um docinho. Não se tem algo de metabolismo nisso, se o açúcar ativa algo, sei que dá certo. Eu volto com tudo!


Porém, a receita tem que ser rápida de fazer, pois não posso perder meu precioso tempo enfiada na cozinha. Para esta cocada de colher usei 1 lata de leite condensado, 100g de coco ralado (usei o fresco), 1 xícara (chá) de leite (se usar o coco seco, coloque mais 1/2 xícara) e 2 colheres (sopa) de manteiga. Misturei tudo na panela e levei ao fogo até engrossar.

Como eu adoro um doce quente, nem precisei esperar esfriar... Melhor pra mim, que voltei correndo para minhas apostilas e vídeo aulas.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Xícara Feita de Biscoito

Acho que todo mundo já viu essa foto, né? Pois é, a empresa Lavazza e o designer Enrique Sardi desenvolveram uma xícara que é feita de massa de biscoito e um açúcar impermeável por dentro. Assim, você bebe o café e depois come a xícara!


Fiquei intrigada com isso e comecei a pesquisar na internet como isso poderia ser feito. Achei, então, no blog da Cynthia, que testou, experimento e chegou a um ótimo resultado. Fica aí a dica pra quem quiser tentar. Eu confesso que prefiro esperar venderem no supermercado...