quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O que comi em Nova York - última parte

Nossa última refeição em New York não poderia ter sido mais generosa, no sentido estrito da palavra. Fomos ao Dallas BBQ, uma cadeia de restaurantes tex-mex bem famosa no país, no estilo Applebee's ou T.G.I. Friday's.

Estávamos com muita fome e já sabemos que é um erro ir a um restaurante nesta condição. Você acaba pedindo muito mais do que pode comer, porque não pensa com coerência. Precisávamos de uma entrada - a fome era negra - e queríamos provar o chilli de lá, pra ver se era diferente dos mexicanos que comemos no Rio.


Sim, é diferente. Na nossa modesta opinião, menos bom. O chilli deles é meio sopa, o dos restaurantes daqui é mais cremosinho, o meu é incrível (hahahahaha). Para acompanhar, veio um sour cream e um pedaço de bolo de fubá. Oi??? Bolo de fubá??? Então tá...


Pedimos também um cheeseburger para cada um. No meu mundo, isso deveria ser só pão, hamburguer, queijo e salada, com um punhado de batatas fritas para acompanhar. Uma coisinha simples! Veja você o que recebemos! Não havia a menor condição de comer tudo isso, acho que nem se dividíssemos íamos dar conta. Fazer o quê? Já estava lá, comemos meio hamburguer e parte das batatas e saímos rolando do restaurante.

Sabe o que é pior? Nem estava gostoso. Era gorduroso e a carne tinha sabor de coisa pronta... Talvez as pessoas pensem no custo-benefício, já que essa montanha de comida custa 10 dólares (17 reais). Na minha opinião, não é recomendável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário