sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Joelhos

Queria fazer minijoelhos, do mesmo jeito que eu faço os minicachorrinhos. Mas tava com uma preguiça de rechear e enrolar um por um...


Fiz a massa na máquina de pão, usando as mesmas medidas dessa massa aqui. Enquanto a máquina fazia a maior parte do trabalho pra mim, fiquei matutando como ter menos trabalho com a montagem. Veio então uma luz!

Quando a massa ficou pronta, abri-a com bastante farinha em uma espessura que eu considero fina, em um retângulo de 30x10cm. Espalhei queijo mussarela e blanquet de peru por toda a massa e enrolei, como um rocambole. Cortei o "rocambole" em fatias de cerca de 3cm, como se fosse pra servir mesmo.
Passei as fatias para uma fôrma, pincelei gema de ovo em cima, polvilhei gergelim e levei ao forno. O que deu o "tchan" do negócio foi o queijo derreter e ficar douradinho por conta do contato com a fôrma. A massa ficou macia e tostadinha. Nada grudou no tabuleiro, acredito que por causa da gordura do queijo. Resultado final: o joelho mais gostoso que eu já comi e que acabou horas depois de ter sido feito.

Fica a minha dica para um ótimo petisco de festa. Não levei meia hora para abrir e enrolar, rendeu muito e não saiu caro. O mais importante é que ficou delicioso e leve, acho que qualquer convidado iria adorar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário