domingo, 29 de novembro de 2009

Direto da horta

Veja que coisa mais linda os tomates-cereja da nossa horta já na sua segunda safra! E olha que é horta de apartamento, hein?! Tudo plantado em vasos...



Aqui temos também cebolinha, salsinha, manjericão, alfavaca, alecrim, hortelã e erva-cidreira. A pimenta dá muitas folhas, mas flor, até hoje, nada. Também me esforço para que nasça um coentro e ainda não consegui. O pimentão ainda é um bebezinho, mas logo estará forte. E a kalanchoe está mais florida do que nunca.

Posso colher na hora em que quiser, na quantidade que precisar. É tudo fresco e orgânico.

Realmente, é uma delícia ter plantas em casa!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Medalhão ao Molho de Vinho com Batata Sautée

Da última vez em que fomos ao supermercado, o filé mignon estava mais barato que a picanha (nossa predileta) e que o contra-filé (a segunda opção). Não tivemos dúvida: agora é picadinho de filé mignon, medalhão de filé mignon...


Ingredientes

3 colheres (sopa) de manteiga
4 medalhões de filé mignon
sal e pimenta a gosto
1 colher (sopa) de farinha de trigo
¼ xícara (chá) de vinho
½ tablete de caldo de carne
½ xícara (chá) de champignon fatiado
3 batatas cozidas com casca
1 colher (sopa) de salsa picada

Modo de Preparo

Tempere os medalhões com sal e pimenta e deixe descansar por 15 minutos. Em uma frigideira, aqueça 1 colher de manteiga e doure-os. Passe os medalhões para a travessa onde serão servidos e mantenha-os aquecidos. Para o molho, aqueça na mesma frigideira 1colher de manteiga e doure ligeiramente a farinha de trigo. Aos poucos, vá acrescentando ¼ xícara (chá) de água misturada com o vinho, mexendo sempre para não formar grumos. Junte o caldo de carne, os champignons e deixe ferver até o tablete dissolver. Sirva a seguir sobre os filés reservados.

Descasque as batatas e corte-as em pedaços. Aqueça 1 colher de manteiga, junte a salsinha e acrescente as batatas. Mexa até que elas estejam envolvidas na manteiga e na salsa. Sirva com os medalhões.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Sobremesa Quente de Banana

Bananas amadurecendo na geladeira sempre me fazer ir atrás de receitas novas. Essa eu retirei do Cozinha Nestlé, site que adoro. Tive que adaptar, porque as receitas de doce são sempre muito grandes. Essa eu dividi por 3 e rendeu 6 pedaços!


Ingredientes

3 bananas cortadas no sentido do comprimento
canela em pó , para polvilhar
açúcar, para polvilhar
1 ovo
1/3 de lata de leite condensado
1/6 da medida (da lata) de leite
1/3 colher (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1/3 colher (chá) de fermento em pó

Modo de Preparo

Coloque metade das bananas em um recipiente refratário untado com manteiga. Polvilhe canela e açúcar e leve ao forno médio (180°C), por aproximadamente 5 minutos. Bata na batedeira, os ovos, o leite condensado, o leite, a manteiga, o chocolate em pó, a farinha e o fermento. Despeje sobre as bananas assadas. Coloque o restante das bananas e polvilhe com açúcar e canela. Leve ao forno médio (180°C) por cerca de 30 minutos. Sirva a seguir.

Teria ficado incrível com uma bola de sorvete de creme, como a receita recomendava. Mas...

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Berinjela Recheada

Depois que me disseram que berinjela ajuda a emagrecer, ela passou a frequentar nossa casa. E não é que troço é gostoso. E versátil, vai bem com muita coisa!

Aqui, numa livre adaptação da abobrinha recheada.


Corte ao meio duas berijelas médias. Leve-as ao fogo numa panela com água e sal e deixe ferver por 10 minutos. Escorra, espere esfriar e retire a polpa com uma colher. Disponha as cascas em um pirex, regue com um fio de azeite e reserve. Prepare 200g de carne moída do seu modo (uma dica: experimente acrescentar 1 colher (chá) de canela na carne) e junte 1/2 xícara (chá) de polpa de tomate. Acrescente a polpa das berinjelas picada e acerte o sal. Recheie as berinjelas, polvilhe queijo ralado e leve ao forno médio por cerca de 15 minutos.
.
Fácil, fácil. E vai que emagrece mesmo? Duvida? Mal não vai fazer...

sábado, 21 de novembro de 2009

Salada Palha

Conheci esta salada em um restaurante aqui do Rio chamado Delírio Tropical. Foi paixão imediata!
.
A receita que segue dá pra dois aqui em casa, mas lembre-se que nós gostamos muito dela...
.
.
Ingredientes:
2 cenouras pequenas raladas (ou 1 grande)
40 g de uvas passas pretas sem caroço
1/2 xícara (chá) de milho verde
1/4 de pimentão verde picado bem pequeno
2 colheres (sopa) de maionese light
1 xícara (chá) de batata palha
.
Modo de fazer:
.
Misture todos os ingredientes. Se quiser preparar com uma certa antecedência, deixe para colocar a batata palha na hora de servir. Sirva sobre uma caminha de alface.
.
P.S.: Já fiz com ervilha no lugar do pimentão, mas fica com gosto de cachorro-quente.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Pizza de Frigideira

Vontade de comer pizza é uma coisa louca. Quando vem, você quer e não importa como. Aí, a dieta não resiste e vai por água abaixo - principalmente se for pra pedir na pizzaria, onde a gigante sempre oferece mais vantagens...
..
.
Essa pizza, então, é um alento. Pode ser guardada na geladeira e até congelada por um tempo, não é cara, tem só uns 20cm de diâmetro e permite que você coloque a cobertura que quiser. E o melhor: cada disquinho tem só 75 calorias!
.
A nossa foi margherita, feita com a pizza, duas fatias de mussarela, 2 rodelas de tomate e manjericão fresco. E ficou pronta em menos de 5 minutos! O preparo é super simples: você monta a pizza na própria frigideira, tampa e leva ao fogo baixo. Em instantes, está pronta.
.

É perfeita para um lanchinho no domingo ou mesmo para receber alguém que apareça de surpresa. Você pode fazer com as mais diversas coberturas, até mesmo doces. Fica ao gosto do freguês.

Essa da foto, pronta, tinha umas 170 calorias. Comi duas e matei a vontade de pizza sem esmorecer da dieta.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Arroz de Forno

Algumas pessoas fazer o arroz de forno com sobras de arroz, outras cozinham o arroz diretamente no forno. Aqui em casa fazemos de outro jeito:


Ingredientes:
1 1/2 xícara (chá) de arroz
2 colheres (sopa) de azeite
alho
1/4 de cebola picada
3 tomates picados
1/2 tablete de caldo de galinha
sal e pimenta a gosto
250g de peito de frango cozido e desfiado
1/2 xícara (chá) de milho verde
1/2 xícara (chá) de ervilha
2 ovos cozidos
100g de queijo parmesão ralado
.

Faça o arroz da forma habitual, desligando o fogo antes de estar completamente cozido. Em outra panela, refogue o alho, a cebola até dourar e junte e tomate. Deixe apurar em fogo baixo, adicione 200ml de água, o caldo de galinha, o sal e a pimenta. Ferva até que os tomates desmanchem e em seguida misture o frango desfiado, o milho, a ervilha e os ovos picados. Adicione o arroz e misture bem. Arrume em um pirex, cubra com o queijo e leve ao forno pré-aquecido por 10 minutos.

domingo, 15 de novembro de 2009

Picadinho de Filé Mignon

Mais uma do marido, sempre ele...




O picadinho ele faz assim:

Corte 250g de filé mignon em cubinhos pequenos. Pique 1/2 cebola e 2 dentes de alho. Coloque 1/2 colher (sopa) de margarina na frigideira e em seguida o alho picado. Espere dourar e adicione a cebola e a carne. Após 5 minutos, adicione 1 cálice de vinho tinto seco, 1 tablete de caldo de carne e deixe cozinhando em fogo brando por cerca de 10 minutos. Está pronto o picadinho.

O ovo pochè ele faz assim:
Coloque 1/2 litro de água numa panela e espere ferver. Acrescente 1/2 xícara (chá) de vinagre branco e 2 colheres (sopa) de azeite, colocando sobre tudo 1 ovo, esperando 3 minutos até a gema ficar no ponto. Para fazer o outro ovo, é só esperar a água ferver novamente depois de retirar o primeiro.

A cenoura ele faz assim:

Descasque 2 cenouras e corte-as em rodelas não muito finas. Leve para cozinhar em água fervente e sal. Quando estiverem al dente, escorra-as e reserve. Pique 1 dente de alho e leve ao fogo com 2 colheres (sopa) de azeite para dourar. Acrescente as cenouras e refogue.
.
A farofa era pronta, da Yoki, e foi torrada com uma colher (sopa) de manteiga. O arroz foi feito da maneira habitual.
.
O resultado foi digno de restaurante fino, apesar da simplicidade do prato. O almoço foi dos melhores que já tive, pela comida e pela companhia.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Macarrão com Salsicha

Uma pessoa enlouquecida por ter que ler seis livros e escrever uma monografia em menos de 15 dias não tem tempo de ir pra cozinha. Mas, felizmente, ela tem um marido que gosta de ir lá e sempre volta com pratos deliciosos...
.

Esse é bom e velho macarrão com salsicha, mas tem seus toques de apuro. O macarrão é grano duro, o molho é feito com alho e tomates frescos, a salsicha é de frango - menos calórica e mais saborosa - e o queijo foi ralado na hora. Já as lembranças, vêm da infância...

Só tenho a agradecer!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Salada de Maionese

Salada de maionese é coisa que cada um gosta de um jeito e cada um faz de um jeito. Eu gosto assim:
.


Na minha:
- a batata tem que ser bem cozida, para que, na hora de misturar a maionese, a batata também se dissolva um pouco;
- os pedaços não podem ser cortados iguaizinhos, senão fico com pena de comer;
- a maionese tem que ser light, já que ainda não é possível tirar as calorias da batata;
- se tiver ovos cozidos cortados em pedaços, é a glória. A combinação de batatas e ovos é famosa há muito tempo;
- a cebolinha não é muita, mas está presente.
- não precisa estar gelada, morna é suficiente.
.
Agora me diga você: como é a "sua" maionese?

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Ratattouille

Marido fala francês, mas o melhor dele vem das especialidades culinárias francesas. Essa é uma.
.
.
Com palavras dele:

"Ingredientes:


- uma berinjela grande (+/-) 25cm
- duas abobrinhas
- meio pimentão vermelho
- meio pimentão amarelo
- uma colher e meia (sopa) de alho picado
- azeite



Preparo:


- corte a berinjela e a abobrinha em cubinhos (+/-) 3cm.
- corte os pimentões em tirinhas
- ferva a água numa panela grande e cozinhe a beringela e a abobrinha por 10 minutos
- numa panela grande doure o alho e em seguida refogue a berinjela, a abobrinha e os pimentões e coloque sal a gosto. Depois de refogar, acrescente 200ml de água e misture. Tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos em fogo baixo. Mexa de vez em quando e está pronto.
Sirva com um arroz bem fresquinho e um franguinho grelhado com uma fatia de queijo prato. Uma refeição leve, rápida e bem gostosa é claro!"

sábado, 7 de novembro de 2009

Churros

Adoro churros! Mas acho esses de rua meio gordurosos, então aprendi a fazer.

.
Não é difícil, você só precisa da máquina. A minha é de plástico, do 1,99. Já vi também na revista da Avon, por um preço maior, é claro.
.
A massa é bem simples: 1 xícara (chá) de água, 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga e 1 pitada de sal. Leve ao fogo a água com a margarina e o sal. Quando ferver, adicione a farinha e mexa até a massa se tornar uma bola.
.
Encha a máquina com a massa e vá moldando os churros. Eu gosto assim, pequenos, mas você pode fazê-los como desejar. Coloque-os em um prato - não precisa colocar farinha nem se preocupar em destruí-los, eles são fortes!
.

Esquente o óleo em uma panela funda e frite os churros. Não se preocupe com o tempo, eles demoram mesmo um pouco para dourar.
.
Deixe esfriar um pouco e rechei-os, com a mesma máquina. Alguns usam doce de leite, outros, brigadeiro mole. Eu não consegui recheá-los dessa vez, porque o doce de leite Havanna que trouxemos de Buenos Aires era muito consistente (apesar de eu ainda achar que isto foi um boicote do doce de leite, por ele se recusar a ter um fim que não estava à sua altura). Então, comemos os churros à moda espanhola, ou seja, com o "molho" ao lado, passando o churros nele.
.
Em seguida, passe os churros em mistura de açúcar e canela e faça a alegria da casa!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Sanduíche Mostaza

Compramos, há pouco tempo, uma torradeira modernosa com uma função nova: “frozen”. Isso significa que ela descongela o pão e o torra, entregando-o prontinho.
.
Com isso, descobrimos a seção dos pães congelados e o prazer de comer um sanduíche que não seja em pão de forma na hora em que der vontade.
.
Este foi feito no pão ciabatta, com peito de peru defumado, queijo prato, rodelas de tomate e molho de mostarda – feito com 1 colher (sopa) de maionese light e 1 colher (chá) de mostarda (daquelas em potes de vidro). Faltou alface, ele morreu na geladeira.
.
Mas estava uma delícia...

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Fagottini com Molho Branco, Frango e Ervilhas

Não sei se acontece na casa de vocês, mas aqui, quando um de nós não gosta de determinado prato, ele cai no limbo. Por isso, elegi – arbitrariamente, é claro – que o dia do futebol do marido é o dia em que comemos o que EU quero. Muito justo: EU pensei no cardápio, EU fiz sozinha, EU vou ter um prazer enorme em comê-lo.
.
.
Assim, comemos fagottini pré-pronto ao molho branco. A massa era Massa Leve e foi cozida como determina a embalagem. O molho foi feito dourando ½ cebola ralada (picada não serve, porque cria pelotas) em 1 colher (sopa) de margarina light. Antes da cebola torrar, juntei 2 colheres (sopa) de farinha de trigo, misturei até formar uma papa e adicionei, pouco a pouco, 1 xícara (chá) de leite.
.
Adicionei 1 caixa de creme de leite e temperei com sal e pimenta. Em seguida, acrescentei peito de frango desfiado, ervilhas e queijo ralado, tudo de olho. Pra finalizar, incorporei a massa ao molho.
.
Quando faço pratos com molho branco, gosto de deixá-lo 2 ou 3 minutos na panela, porque ele sempre dá uma encorpada. E nem chega a esfriar...
.
Servi com queijo parmesão ralado grosso.
.
P.S.: Marido bem que gostou...