quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Creme de Ervilha com Hortelã no Pão Italiano

Mais uma sopa para a minha imensa galeria. Agora, pelo menos, havia um pãozinho para mastigar...
.
.
Creme de ervilha é básico e acho que todo mundo sabe fazer. Eu faço assim: douro bastante alho em um pouquinho de azeite e refogo ali as ervilhas secas (300g para dois), já devidamente escolhidas e lavadas. Junto um tablete de caldo de carne e muita água e deixo cozinhar em panela semi-tampada. Bom, aqui em casa não entra panela de pressão, porque eu morro de medo, mas quem tem, deve facilitar. Quando ferve, abaixo o fogo e espero, mexendo de vez em quando. Também não gosto de bater no liquidificador ou mixer, então aguardo ela desmanchar no fogo mesmo e deixo ficar com uns grãoszinhos macios. No final, acerto o sal e acrescento a hortelã picadinha.
.
O pão foi encomendado de véspera na padaria, porque não é tão fácil de achar por aqui. Cortei a tampa, retirei o miolo e levei ao forno por alguns minutos antes de servir para que ficasse quentinho e crocante. Acabou sendo devorado com a sopa ou com uma manteiguinha...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Bolo de Batata com Carne Moída

Essa receita era do marido, mas agora eu mesma estou fazendo. A dele, claro, é melhor!
.
Ingredientes (para duas pessoas):
.
8 batatas pequenas cozidas
2 colheres (sopa) de creme de cebola
1 colher (sopa) de margarina
300g de carne moída
1/2 cebola picada
1 dente de alho amassado
2 tomates picados
salsa e cebolinha picadas
sal
queijo parmesão ralado
.
Modo de preparar:
.
Descasque as batatas e amasse-as ainda quentes. Misture o creme de cebola e a margarina, formando uma massa homogênea. Espalhe metade em um pirex pequeno e reserve. Em uma panela, doure a cebola e o alho em óleo e junte a carne moída, mexendo até desmanchar os grumos e ficar bem frita. Adicione, então, os tomates e um pouco de água e espere formar um molho grosso. Tempere com sal e salpique a salsa e a cebolinha. Despeje a carne moída sobre a massa de batata e espalhe por cima a metade reservada. Cubra com o queijo parmesão e leve ao forno para gratinar.
.
Esta receita, apesar de ser feita com batatas, não fica tão pesada. Mesmo assim, para balancear e preservar o corpinho, é melhor servir com salada.

sábado, 26 de setembro de 2009

Creme de couve-flor

Já contei aqui que estou, forçosamente, na dieta da sopa, pois sou uma boa companheira. Segue mais uma receita.



1 colher (sopa) de manteiga

½ cebola picada
2 dentes de alho amassados
1 tablete de caldo de carne
3 xícaras de buquês de couve-flor (usei os talos picados também)
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
sal a gosto

Em uma panela, doure a cebola e o alho na manteiga, junte a couve-flor, o caldo de carne e umas 4 xícaras de água. Tampe e cozinhe até a couve-flor ficar macia. Bata com o mixer até formar um creme liso. Dissolva a farinha de trigo em meia xícara de água e despeje na panela. Mexa até o creme ficar espesso. Sirva com um fio de azeite.

Essa é uma receita, além de simples, bem barata, porque usa cerca de meia couve-flor, ou seja, se você comprar na época certa, o ingrediente principal custou 1 real.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Banana Caramelada

Esta é a melhor sobremesa do mundo! Por três motivos: 1. Quem faz é o marido, então nem boto o pé na cozinha; 2. Ele é um ótimo cozinheiro e faz essa receita especialmente pra mim; e 3. É uma delícia mesmo!
.
Segue o modo de fazer, com palavras do grande chef:
.
.
Ingredientes:
.
*2 bananas (a que tiver na fruteira ou na geladeira, mas se rolar uma banana da terra ficará melhor.
*Sorvete de creme
*Açúcar
*Canela em pó
*Licor Contreau
.
Preparo:
.
Corte as bananas no sentido longitudinal com +/- meio dedo de espessura, nem muito grosso, nem muito fino que possa quebrar. Esquente uma frigideira (teflon de preferência), +/- 1 minuto. Coloque as bananas bem distribuídas na frigideira, com espaço para todas. Deixe fritar por um minuto e meio em fogo médio. Em seguida, polvilhe açúcar sobre as bananas e nos espaços livres da frigideira (isso formará um crosta caramelada deliciosa). Deixe fritar por mais 30 segundos. Depois vire as bananas e repita o processo, agora com menos açúcar. Ao final dê um choro generoso de contreau e vire levemente a frigideira para que o licor entre em contato com o fogo. As bananas irão flambar de 5 a 8 segundos, não se assuste, você não vai incendiar a cozinha. Deixe mais uns vinte segundos para que o contreau possa misturar um pouco mais ao açúcar e formar um caldinho delicioso. Agora sirva uma bola inteira e gerenosa de sorvete de creme; a seguir coloque três fatias de banana ao lado da bola de sorvete e polvilhe canela a gosto na banana e no sorvete. Vai ficar chic e uma delícia com certeza!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Torta de Ovos e Frango

Estou tentando - há algum tempo - mandar embora alguns quilos que se estabeleceram na minha pessoa. Mas confesso que não é fácil, porque adoro comer!!! Então, quando vi essa receita com, segundo disseram, apenas 150 calorias, tive que experimentar.
.
.
Como fazer:
1 ovo
1/2 colher (sopa) de farinha de trigo
200g de frango desfiado (pus no olho mesmo)
2 colheres (sopa) de ervilhas
1 punhado de folhas de hortelã
sal e pimenta
.
Bata a clara em neve e junte a gema. Adicione a farinha de trigo e mexa até que ela se dissolva. Coloque o frango, as ervilhas e a hortelã. Salgue a seu gosto. Despeje em um pirex untado com uma gota de óleo e leve ao forno por 15 minutos. Sirva com salada.
.
Era pra um almocinho rápido e matou a fome legal.

domingo, 20 de setembro de 2009

Minestrone Light

Aprendi que minestrone é uma sopa italiana com feijão branco, macarrão e carnes. Como marido não pode mastigar pedaços de carne e o macarrão anda vetado lá em casa, segue a minha versão do minestrone.
.
.
Feijão branco é mole de cozinhar e nem precisa temperar. Cozinhei 1/2 kilo de feijão. A metade congelei, a outra parte fiz a sopa. Mas acabei guardando metade da sopa também, porque a quantidade foi grande para 2.
Usei:
.
1 colher (sopa) de óleo
2 dentes de alho amassados
250g de feijão branco
1 cenoura
1 abobrinha
100g de vagem
1 tomate
salsa e cebolinha
sal a gosto
.
Cozinhe o feijão somente em água, deixando-o ainda um pouco al dente. Em outra panela, doure o alho no óleo e junte o feijão e a água em que ele foi cozido. Enquanto isso, corte os legumes em cubinhos, de preferência iniciando pela cenoura (porque demora mais para cozinhar), depois o tomate, a vagem e a abobrinha. Vá juntando os legumes conforme for picando e mexa sempre que adicionar algum deles. Tampe a panela e deixe cozinhar. Acerte o sal, adicione a salsa e a cebolinha também picadas. Sirva com um fio de azeite.
.
Não precisa exagerar na quantidade, porque essa, apesar de ser sopa, dá sustância!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Creme de Abóbora

Marido não está podendo comer sólidos, então estabeleceu-se a semana da sopa lá em casa.
.

.
Essa é fácil, fácil, fácil. Faz assim:

1/2 kg de abóbora (uso qualquer uma que esteja madura) descascada e cortada em pedaços
1/2 cebola picada
3 colheres (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de azeite

sal, pimenta e orégano
2 fatias de pão de forma
.
Cozinhe a abóbora até ficar macia e reserve com a água. Doure a cebola em uma colher de manteiga e adicione os pedaços de abóbora. Bata com o mixer, adicionando a água reservada aos poucos. Adicione sal e pimenta a gosto. Espere ferver e está pronta.
Faça, então, os croutons. Corte o pão de forma em quadradinhos. Numa frigideira, derreta a manteiga e frite nela os pedaços de pão. Regue com azeite e polvilhe orégano. Vá mexendo até o pão ficar crocante. Sirva sobre ou ao lado da sopa.
.
É simples, mas tem um sabor e uma cor ótimos.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Culinária Americana

Fotos de um típico café da manhã americano. Muito carboidrato, muito açúcar, nenhuma fruta.
.
.
Waffle, nesse caso com a carinha do Mickey, bem grosso e com gosto de panqueca, coberto com calda de morango. Vinha acompanhado de bacon, que troquei por um potinho de cream cheese.
.
.
Muffin de maçã com canela, quentinho, crocante e muuuiiito doce. Só deu pra comer a metade.
Pra beber, uma garrafa de Toddynho, com meio litro de leite. Aff, comida demais...

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Culinária Marroquina

Mais um restaurante regional incrível: o marroquino. Com direito a show de dança do ventre e tudo. Comida bastante temperada e um cheirinho de canela persistente no ar.
.
.
Meu prato: cuzcuz marroquino (que eu amo muito, de paixão mesmo), coberto com carne refogada com cebolas carameladas e passas, decorado com ovos cozidos e lascas de amêndoas.
.
.
Prato do marido: salmão grelhado, servido sobre molho de tomate e cogumelos fatiados, acompanhado por um hommus sensacional.
.
.
Nunca me lembro de anotar o nome dos pratos, mas essa aí de cima é a sobremesa típica do país. O doce é montado com camadas de uma massa folhada frita bem fininha, intercalada com um molho de leite e mel e salpicada com amêndoas e canela.
.
.
A outra sobremesa era uma salada de frutas com sorvete de menta. Nada de mais, o que não ofuscou o brilho do resto da refeição.

sábado, 12 de setembro de 2009

Culinária Tailandesa

Há algum tempo, marido e eu vínhamos programando uma ida a um restaurante asiático. Finalmente conseguimos e a comida era realmente o que esperávamos.
.
.
Não guardei o nome dos pratos, é claro. Talvez devesse ter anotado, mas agora já era. Vai com a descrição mesmo. O de cima, do marido, é um filé - que tinha aparência da casca de um abacaxi, mas estava divino - com arroz branco, acompanhado de legumes salteados e camarões empanados com molho agridoce.
.
.
O meu foi escolhido pelo arroz, com gengibre e leite de coco, que eu estava ansiosa para provar. O frango era grelhada no molho de mel e vinha por cima de uma verdura refogada, meio estranha e pouco gostosa.
.
.
As sobremesas eram lindas, além de saborosíssimas. Na foto acima, espetinhos fritos de abacaxi e pastelzinho de cream cheese, acompanhados de morangos e sorvete de baunilha. Na foto abaixo, torta de manga com uma bola de chantilly em cima e morangos e manga picadinhos. Ainda sinto o gosto do creme de manga. Hummmm...
.

Realmente, culinária das boas essa asiática!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Culinária Francesa

Há mais de 10 dias que não posto aqui no blog. Não foi por preguiça, mas porque estive afastada da cozinha. Como não ir pra cozinha não significa passar fome, vou postar aqui algumas fotos de pratos deliciosos que experimentei nesse tempo e aproveito para inaugurar o espaço "Comidas do Mundo", onde vou colocar as fotos dos restaurantes em que eu for.
.
.
De primeira, vão as fotos de um restaurante francês clássico que fui. A entrada, essa aí acima, foi uma sopa de cebola gratinada, com muito, muito queijo.
.
.
Como prato principal, duas opções igualmente deliciosas, uma pra mim, outra pro marido. Na foto de cima, croque monsieur com salada verde; na debaixo, macarrão com queijo e bechamel.
.

O preparo não sei como é. Se alguém souber, inclusive, pode encaminhar pra cá, que a galera agradece. Mas que estavam deliciosos, isso eu garanto...